DOIS PREFEITOS DA REGIÃO AINDA ESPERAM DECISÃO DA JUSTIÇA ELEITORAL



José Ali Mehanna (PSB), de Nova Fátima
Dos 10 prefeitos da mesorregião do Norte Pioneiro que tiveram problemas com a Justiça Eleitoral após a eleição de 2 de outubro, apenas dois ainda estão com a situação indefinida. Trata-se do ex-prefeito e ex-vereador Efraim Bueno de Moraes (PMDB), de Quatiguá e do médico José Ali Mehanna (PSB), de Nova Fátima. 
Efraim Bueno de Moraes (PMDB)


Efraim Moraes afirmou que sua situação política será definida até esta sexta-feira. Ele impetrou um pedido de Habeas Corpus e acredita que ainda há possibilidade do caso ser julgado depois e, por meio de uma liminar, conseguir ser empossado ou poder se candidatar novamente. O candidato eleito está impedido de assumir por ter sido acusado de gastar R$ 900 em fotografias na passagem de governo para seu então vice-prefeito, Antônio Zanin, em 2012, para concorrer ao cargo de vereador. A despesa, conforme Efraim Moraes foi paga pelo seu sucessor.

Outro candidato que também teve sua eleição impugnada, o médico José Ali Mehanna, de Nova Fátima, também está confiante de que a decisão da Justiça Eleitoral ocorra ainda nesta quarta-feira (28). Nas eleições deste ano ele recebeu 2.807 votos. Denúncia feita à Justiça Eleitoral da Comarca de Nova Fátima destacou que José Mehanna teria feito receita médica para um paciente que procurou o Hospital Santa Terezinha, de propriedade do médico.

Ele mantinha um contrato de "Causa Uniforme" com a prefeitura por ser o único médico da cidade. "Como deixaria de atender pacientes no hospital se sou o único médico aqui. Parar de trabalhar no meu caso é impossível", concluiu.
Marcos André de Brito
Especial para a FOLHA DE LONDRINA
DOIS PREFEITOS DA REGIÃO AINDA ESPERAM DECISÃO DA JUSTIÇA ELEITORAL DOIS PREFEITOS DA REGIÃO  AINDA ESPERAM DECISÃO DA JUSTIÇA ELEITORAL Revisado por Blog do Chaguinhas on 07:39:00 Rating: 5

Nenhum comentário:

Anúncios