Últimas notícias

Londrina estreia na Superliga B de vôlei feminino

A equipe do Vôlei Positivo/Londrina já está em Curitiba para a sua estreia na Superliga B Feminina. A equipe londrinense começa a sua caminhada na competição no sábado (27), diante do Curitiba Carob House/CMP. O jogo será às 19h30, no ginásio do Círculo Militar. O time joga pela primeira vez em Londrina na segunda rodada, no sábado (3), diante do São José dos Pinhais, no ginásio do Colégio Mãe de Deus.

A volta do voleibol londrinense a uma competição nacional é um projeto encabeçado pela ex-medalhista olímpica Elisângela Almeida, que foi iniciado no segundo semestre do ano passado. A equipe apostou em trazer uma base já formada na cidade de Rio do Sul (SC) e comandada pelo técnico Rogério Portela. O elenco tem jogadoras experientes como Lia, Silvana e Ana Maria, além de jovens revelações das categorias menores da equipe.

"O time vem apresentando um bom trabalho nesses dois meses que estamos juntos e temos treinado muito com o objetivo maior de chegar à elite", afirmou o treinador londrinense. Portela reconheceu, porém, que buscar uma das duas vagas para a Superliga Nacional não será uma tarefa fácil: "Nossa caminhada não será fácil, pois temos adversários duros como Curitiba, Bradesco e São José dos Pinhais, que têm grandes elencos".

A equipe curitibana, apadrinhada pelo multicampeão londrinense Giba, também montou um forte elenco e entra como uma das favoritas para chegar à final. "Notamos uma evolução natural desde o início da preparação, pois esta é uma equipe que une experiência e juventude. A partida reúne duas equipes bem estruturadas, que contam com atletas com muita bagagem", apontou o técnico de Curitiba, Clésio Prado, ao site da Federação Paranaense de Voleibol.

A quinta edição da Superliga B Feminina conta com a participação de seis equipes – Londrina, Curitiba, São José dos Pinhais, Lavras (MG), Cefa (RS) e Bradesco (SP). Os seis times jogam entre si em turno único. Os dois melhores classificados avançam direto para as semifinais, enquanto os quatro restantes fazem ainda um playoff nas quartas de final. A novidade para a temporada está na disputa das fases eliminatórias, que agora serão em melhor de dois jogos e, caso necessário, com a realização de um golden set de 25 pontos. A grande decisão, em jogo único, está prevista para o dia 7 de abril. Os finalistas sobem para a Superliga Nacional.
Lucio Flávio Cruz Reportagem Local de Londrina

Nenhum comentário