LONDRINA - Time novo, vida nova



Após ano conturbado, Keirrison reencontra bom futebol no Tubarão, que andava carente de um atacante com faro de gol

Marcos Zanutto
Em quatro jogos como titular, K99 balançou as redes três vezes e já o vice-artilheiro do ano no alviceleste

Quando Londrina e Keirrison acertaram a sua vinda para o Norte do Paraná, as duas partes tinham objetivos muito claros. O clube buscava um artilheiro, artigo de luxo nas últimas temporadas, e o jogador queria reencontrar o bom futebol perdido nos anos anteriores, além de deixar os problemas pessoais para trás.
Quase três meses depois da apresentação do atacante, os dois lados estão satisfeitos. O K99 brilhou nos dois últimos jogos ao marcar dois gols de cabeça na vitória diante do Náutico e no empate com o Joinville, no sábado.
Em apenas quatro jogos como titular, Keirrison já marcou três gols e é o vice-artilheiro do LEC na temporada – dois gols na Série B e um na Copa do Brasil contra o Parauapebas. Zé Rafael foi quem mais marcou no ano: quatro vezes. Bruno Batata também balançou as redes três vezes.
Mais do que isso, o clube parece ter encontrado o craque que pode fazer a diferença ao longo da Série B do Brasileiro. "Estou feliz por estar atuando, pelo desenvolvimento que está cada dia melhor e o crescimento não só meu, mas da equipe toda", afirmou o atacante.
Keirrison fez questão de agradecer o carinho que tem recebido por toda a cidade e que este acolhimento tem contribuído para o seu reencontro com as redes. "Precisava de uma mudança por tudo que passei na minha vida. Foi uma decisão familiar para que eu viesse para cá por ser uma cidade boa e a receptividade das pessoas têm me motivado e me dá alegria de defender o Londrina".
Antes de chegar ao Tubarão em março, o centroavante havia ficado mais de um ano praticamente sem jogar. Em 2015, fez apenas cinco partidas pelo Coritiba, só uma como titular e não marcou nenhum gol. No fim do ano, ele acionou o Coxa na Justiça e rescindiu o contrato com o seu clube formador. Além disso, viveu o drama pessoal de perder um filho de apenas dois anos.
A decisão de colocar Keirrison como titular demorou um pouco a ser tomada pelo técnico Claudio Tencati, o que gerou uma certa cobrança da torcida. O treinador, porém, defende que o jogador não tinha condições físicas de atuar e, por isso, o centroavante iniciou uma partida apenas na segunda rodada contra o Goiás.
"Nós sabíamos que ele poderia dar resultado. Só não fizemos antes porque ele não tinha condições físicas. E mesmo assim não conseguimos prepará-lo de forma ideal em virtude da sequência grande de jogos", afirmou. "Mas, os gols deram moral para ele crescer e também para a equipe. Tecnicamente, ele tem uma qualidade a mais e mesmo que às vezes fique sumido do jogo, sabemos que em uma única bola ele pode definir".
Lucio Flávio Cruz
Reportagem local/FOLHA DE LONDRINA
LONDRINA - Time novo, vida nova LONDRINA - Time novo, vida nova Revisado por Blog do Chaguinhas on 11:04:00 Rating: 5

Nenhum comentário:

Anúncios