Suspeito de matar catador com flecha em SP esfaqueou homem em 2013



Denis Kim foi preso por suspeita de atirar uma flecha no carroceiro Aldemir Pontes, nesta semana. Em 2013, o suspeito havia respondido pela tentativa de assassinato de um comerciante (Foto: Reprodução / TV Globo / Polícia Civil / Arquivo Pessoal)
O homem preso na quinta-feira (15) pela Polícia Civil como suspeito de usar uma besta para flechar e matar um carroceiro idoso, no dia anterior, no Centro de São Paulo, já havia sido detido por tentativa de homicídio. Há quase três anos, ele foi levado a uma delegacia por suspeita de esfaquear um comerciante, na mesma região. A informação consta num boletim de ocorrência obtido pelo G1.
De acordo com o documento, o comerciante Denis Young Kim, de 33 anos, chegou a ser preso em flagrante pela Polícia Militar (PM) na noite de 9 de outubro de 2013. A vítima, que na época tinha 24 anos, foi ferida e sobreviveu.
Tanto o agressor como o outro comerciante são brasileiros, descendentes de sul-coreanos que moram na região do Bom Retiro. De acordo com o registro feito à época no 2º Distrito Policial (DP), a vítima tinha ido buscar seu filho com a ex-mulher, também de origem asiática, na Rua Guarani. Ao chegar ao prédio, o homem foi abordado por Denis, que era o atual companheiro da mãe do menino.
A vítima contou aos policiais que Denis estava "armado com duas facas". "Ali eles se desentenderam e o indiciado feriu a vítima com golpe de faca um pouco acima do abdome", diz o BO.
O comerciante ferido foi socorrido e a PM foi chamada. Policiais contaram que foram ao apartamento onde Denis estava e o prenderam. Lá, encontraram uma faca de cozinha, que foi apreendida.
Policiais civis ouvidos pelo G1 não souberam dizer porque Denis estava solto depois. Acham que ele foi libertado pela Justiça para responder à tentativa de homicídio fora das grades.
Carroceiro
Denis voltou a se envolver em outro caso grave de agressão. O carroceiro Aldemir Ribeiro Pontes, que completaria 64 anos nesta sexta-feira (16), foi morto com uma flechada no pescoço durante a tarde de quarta (14).
Um vigilante que viu o crime falou à polícia que viu um homem com traços asiáticos dentro de um carro prata, com uma besta (arma que dispara flechas) apontada para Aldemir. "Ele parecia discutir com o catador de material reciclável na língua dele", disse a testemunha ao G1. Quando passou pelos dois, ela ouviu um barulho e, ao ser virar, percebeu que a vítima estava caída com uma flecha no pescoço. "Ele morreu ali, na Rua Mamoré."
Investigadores do 2º DP prenderam Denis pelo homicídio. Eles dizem que ele é o homem que aparece nas imagens de câmeras de segurança dentro de um automóvel que para ao lado da carroça de Aldemir. E que, em seguida, usa a besta para atirar uma flecha no catador (as imagens não mostram o momento do disparo).
Segundo a investigação, uma policial militar à paisana, que passava pela região no momento do crime, anotou a placa do Peugeot 206 de Denis, logo após vê-lo atirar em Aldemir. Com essas informações, policiais foram até a residência do suspeito, onde o prenderam.
Como Denis tentou fugir e foram encontradas com ele a besta, uma faca e drogas, ele foi indiciado por seis crimes, de acordo com a polícia. Além do homicídio do carroceiro, irá responder por porte de droga, uso de arma branca, desacato, desobediência e resistência.
Besta apreendida com Denis Kim, segundo a polícia (Foto: Reprodução / TV Globo)Besta apreendida com Denis Kim, segundo a polícia (Foto: Reprodução / TV Globo)
Ao chegar na quinta-feira ao 2º DP, onde já havia sido levado em 2013, Denis negou o crime, segundo policiais. Alegou que não conhecia a vítima e que usava a besta para praticar esporte. Nesta sexta-feira, no entanto, investigadores disseram que ele havia confessado o crime, alegando que discutiu com Aldemir, com quem tinha um desentendimento antigo.
Denis e Aldemir se conheciam, de acordo com a investigação. Segundo a polícia, testemunhas contaram que Denis cobrava de Aldemir um pagamento para ele reparar o dano que o carroceiro fez a seu carro. O catador teria batido a carroça no veículo do comerciante e o danificado.
Além do 2º DP, o Departamento Estadual de Homicídios e de Proteção à Pessoa (DHPP) investiga o caso. Policiais deverão pedir para a Justiça a prisão temporária do suspeito.
A besta, como a balestra é conhecida, funciona com um arco na ponta, com flechas (chamadas de setas) na transversal. Elas são acionadas por um gatilho.
Segundo policiais, o equipamento custa entre R$ 100 a R$ 3 mil e pode ser comprado em lojas e na internet até por menores de idade, porque não há no Brasil uma lei que regulamente seu uso.
Ademir nasceu em Santana de Cariri, no Ceará e morava em Guarulhos, na Grande São Paulo, com filhas e netos. Ele era divorciado. Seu corpo deveria ser enterrado nesta sexta-feira.
Carro de Denis Kim e carroça de Aldemir Pontes (Foto: Reprodução / TV Globo)Carro de Denis Kim e carroça de Aldemir Pontes (Foto: Reprodução / TV Globo)
Denis Kim foi detido na quinta-feira (15) em São Paulo (Foto: Reprodução / TV Globo)Denis Kim foi detido na quinta-feira (15) em São Paulo; em primeiro plano está a besta apreendida (Foto: Reprodução / TV Globo)FONTE - GLOBO.COM
Suspeito de matar catador com flecha em SP esfaqueou homem em 2013 Suspeito de matar catador com flecha em SP esfaqueou homem em 2013 Revisado por Blog do Chaguinhas on 09:01:00 Rating: 5

Nenhum comentário:

Anúncios