EM LONDRINA - Programação de férias: oficinas até pesqueiros da cidade




Sesc Cadeião Cultural

A programação de férias do Sesc Cadeião Cultural oferece várias oficinas que podem salvar as crianças do tédio nessas férias. Tem minicursos de ilustração, brincadeiras e sensações (para crianças a partir de 2 anos), customização de tiaras, vivências musicais, bonecos com imãs e confecção de bonecos com prendedores de roupa. Para os adolescentes e adultos, a dica é o curso de gravação de sons no computador. Além das atividades, o Sesc tem ampla programação de cinema durante as férias e, no dia 16 de janeiro, inaugura a exposição DOXA, por Mow Armstrong. Construído onde funcionava a antiga Cadeia Pública de Londrina, conhecida como Cadeião, o local mantém duas celas originais que preservam a memória do antigo estabelecimento. O Sesc oferece ainda um café em parceria com o Senac, biblioteca e sala de recursos para uso de internet. Para informações sobre dia e horário da programação: http://www.sescpr.com.br/unidades/sesc-londrina-cadeiao/

Rua Sergipe, nº 52
Telefone:(43) 3572-7700
Horário de funcionamento:
De terça-feira a domingo - das 10h às 21h


Lago Igapó

O cartão postal mais famoso de Londrina não poderia ficar de fora da lista dos lugares para visitar na cidade. O complexo – formado por três lagos – começa na barragem e termina contornando a Avenida Prefeito Faria Lima, a caminho da UEL. Além de praticar caminhada, corrida e até pedalar nas bikes que são alugadas na região, o passeio vale uma parada para água de coco, sorvete, açaí e sucos naturais. A paisagem formada por águas tranquilas, vegetação e o horizonte preenchido pelos edifícios de Londrina também merece momentos de contemplação. Na região do aterro, a dica é jogar bola, passear com os cachorros e até planejar um saboroso piquenique.




Jardim Botânico

Com mais de 1 milhão de metros quadrados de mata nativa, nascentes e rios, o Jardim Botânico de Londrina foi criado em março de 2006. Apesar de ainda haver muitas áreas que precisam ser finalizadas, como a própria estufa que ainda não recebeu plantas, no local é possível fazer caminhada, conhecer as trilhas, contemplar a natureza e até se informar sob a vegetação nativa da região. A área externa do parque é uma atração à parte, pois reúne patinadores, skatistas e ciclistas que fazem muitas manobras nos diversos espaços. As dicas básicas para evitar contratempos durante a visita são passar repelente, protetor solar e levar água para se hidratar, pois não há vendedores de alimentos na área interna.

Jardim Botânico de Londrina
Av. dos Expedicionários, 200 (Vivendas do Arvoredo)
Telefone: (43) 3324-5100
Horário de funcionamento:
Quarta-feira a domingo - das 9h às 19h



Museu Histórico

A antiga Estação Ferroviária de Londrina abriga desde 1986 o Museu Histórico da cidade. A arquitetura do prédio é um dos marcos da origem inglesa da colonização de Londrina. Imponente, o museu destaca-se na paisagem do Centro da cidade e vale a visita tanto pelos gramados das áreas externas, onde é possível tirar alguns momentos para descansar, como pelo acervo acomodado na parte interna, com objetos e cenas que remetem ao cotidiano da cidade desde os primeiros tempos da colonização, inclusive com réplicas das primeiras casas comerciais e várias menções à época áurea do café. Locomotivas que faziam o transporte de passageiros e cargas no início da cidade estão disponíveis para visitação no pátio. O local também tem uma programação de exposições itinerantes.

Rua Benjamim Constant, 900 (Antiga Estação Ferroviária)
Telefone: (43) 3323-0082
Horário de funcionamento:
De terça a sexta-feira - das 9h às 11h30 e das 14h30 às 17h30
Sábados e domingos - das 8h30 às 11 e das 13h30 às 17 horas
Entrada gratuita


Mata dos Godoy

Uma das mais importantes reservas de mata nativa do Paraná fica a apenas 16 quilômetros do Centro de Londrina, no distrito do Espírito Santo, na zona Sul do município. O Parque Estadual Mata dos Godoy abriga uma diversidade de mais de 200 espécies de árvores e animais, que com um pouco de sorte podem ser avistados nas trilhas da reserva. Macacos, quatis, antas, capivaras, tucanos, papagaios e pica-paus são alguns dos habitantes do local. Por se tratar de uma das últimas reservas naturais de mata nativa da região, apenas uma parte da área é aberta à visitação do público, incluindo portais, trilhas interpretativas e espaços para alimentação. A administração do parque informa que os visitantes podem levar comidas e bebidas, mas a regra é não deixar qualquer sujeira no local, portanto, leve sacolas para acomodar o lixo. Ao chegar ao parque, os visitantes recebem orientações dos guias e podem solicitar uma visita guiada pela mata. Repelente, chapéu e filtro solar são itens necessários para o passeio.

Fazenda Santa Helena (distrito do Espírito Santo)
Telefone: (43) 3373-8720
Horário de funcionamento:De segunda a sexta-feira - das 8h às 17h
Sábados, domingos e feriados - das 13h30 às 17h
*Para chegar ao local de ônibus, basta pegar a linha 250 no Terminal Catuaí


Museu de Arte

O prédio onde funciona o Museu de Arte de Londrina vale a visita desde a entrada. Projetado para funcionar como rodoviária pelo arquiteto modernista Vilanova Artigas, teve suas instalações tombadas pelo Departamento do Patrimônio Histórico e Artístico como primeiro prédio da arquitetura moderna do Estado do Paraná. Os arcos do pátio onde antigamente estacionavam os ônibus que vinham de outras cidades fazem parte da paisagem de Londrina e também se transformaram em marca registrada do centro da cidade. No dia 14 de janeiro, às 10 horas, o Museu de Arte retoma as atividades com a abertura de exposição com gravuras do acervo e esculturas em metal do arquiteto Juliano Fabbri César. Neste dia, o espaço fica aberto até às 13 horas. Para que o passeio seja completo, vale estender a caminhada pela Rua Sergipe, admirar as fachadas art decor das lojas e provar as iguarias locais, como o famoso pastel com vitamina da Vitamina da Sergipe (Sergipe, 381).

Rua Sergipe, 640 (Centro)
Telefone: (43) 3337-6238
Horário de funcionamento:
De segunda a sexta-feira - das 13h às 18h
Entrada gratuita


Pesque e pague

Quem quer fugir dos shoppings durante as férias pode programar um passeio aos diversos pesqueiros da cidade. Há opções próximas à zona urbana em todas as regiões de Londrina e nem precisa gostar de pescar para se divertir. Os estabelecimentos oferecem culinária diversificada, com muitas opções de peixes e comida caseira. Além de comer, é possível aproveitar o clima rural dos restaurantes. A dica para se divertir sem incômodos é passar filtro solar e levar repelente.
Carolina Avansini
Reportagem Local/FOLHA DE LONDRINA
EM LONDRINA - Programação de férias: oficinas até pesqueiros da cidade EM LONDRINA - Programação de férias: oficinas até pesqueiros da cidade  Revisado por Blog do Chaguinhas on 08:31:00 Rating: 5

Nenhum comentário:

Anúncios