FUNCIONÁRIAS DE EMPRESA DE CONFECÇÃO ESTÃO SEM RECEBER A DOIS MESES E A PREOCUPAÇÃO É DA EMPRESA DESAPARECER DA CIDADE LEVANDO MAQUINÁRIOS E CONFECÇÕES








Uma fábrica de confecção da cidade de Assaí,  está fechando as portas depois de 09 anos de atividades na cidade.

Devido a isso, já com dois meses de atrasos no salário de mais ou menos 53 funcionárias, as mesmas estão de plantão dentro e fora da fábrica, para tentar impedir que o proprietário retire as peças prontas e os maquinários, deixando as mesmas sem receber seus direitos trabalhistas.

Em contato com algumas funcionárias da empresa, a WLV Confecções, que fica na Rua Manoel Ribas, esquina com a Rua Bolívia, próximo ao Sato Super, a preocupação é muito grande e desde as 17:00 hrs. desta sexta-feira, 24, mais de 50 mulheres estão acampadas nas dependências da empresa, impedindo a retirada das confecções prontas, como também, dos maquinários, que lhes garantem pelo menos, o direito de negociar com o proprietário.

Segundo as funcionárias, o patrão está a dois meses sem pagar e o medo de todas e que do dia pra noite, ele leve embora as máquinas e lhes deixem na mão.

Elas irão continuar dentro da empresa até que se solucione a questão dos pagamentos de seus direitos trabalhistas.
FUNCIONÁRIAS DE EMPRESA DE CONFECÇÃO ESTÃO SEM RECEBER A DOIS MESES E A PREOCUPAÇÃO É DA EMPRESA DESAPARECER DA CIDADE LEVANDO MAQUINÁRIOS E CONFECÇÕES FUNCIONÁRIAS DE EMPRESA DE CONFECÇÃO ESTÃO SEM RECEBER A DOIS MESES E A PREOCUPAÇÃO É DA EMPRESA DESAPARECER DA CIDADE LEVANDO MAQUINÁRIOS E CONFECÇÕES Revisado por Blog do Chaguinhas on 08:46:00 Rating: 5

Nenhum comentário:

Anúncios