Últimas notícias

Eleitores de quatro municípios voltam às urnas neste domingo no Paraná

Eleitores de quatro municípios paranaenses voltam às urnas neste domingo (2) para a escolha de prefeito, em eleições suplementares. Ao todo, são 15 candidatos e quase 200 mil convocados nas cidades de Foz do Iguaçu (Oeste), Nova Laranjeiras (Centro-Sul), Piraí do Sul (Centro-Oriental) e Quatiguá (Norte Pioneiro).
As novas eleições são necessárias porque os candidatos mais votados para o cargo nessas localidades no pleito do ano passado tiveram os registros de candidaturas cassados pela Justiça Eleitoral. A votação ocorrerá das 8h às 17h, sendo obrigatória aos eleitores entre 18 e 70 anos de idade, facultativa aos analfabetos, aos maiores de 16 e menores de 18 anos e aos acima de 70 anos.
Em Foz do Iguaçu, Paulo Mac Donald (PDT), o candidato mais votado a prefeito, teve a candidatura indeferida pela Justiça Eleitoral por improbidade administrativa, com base na Lei da Ficha Limpa. Conforme o Tribunal Superior Eleitoral (TSE), Mac Donald foi condenado por irregularidades durante o período em que exerceu o cargo, entre 2005 e 2012. São seis candidatos na disputa: Chico Brasileiro (PSD), Irineu Ribeiro (PV), Marcelino (PT), Osli Machado (PPS), Phelipe Mansur (Rede) e Tenente Coronel Jahnke (PTN).
O prefeito eleito em Piraí do Sul, Antônio El-Achkar (PTB), teve o registro impugnado por ter feito uma viagem ao Japão e à China em 2009, quando chefiava a prefeitura, sem apresentação de prestação de contas. A viagem custou R$ 19 mil na ocasião e teria sido paga com recursos públicos, segundo o processo analisado pelo TSE. Disputam a eleição neste domingo Mainardes (PRTB), Márcio do Gás (PMB), Maricelso Ribeiro (PDT), Tim (PSD) e Zé Sandrini (PHS).
Na cidade de Nova Laranjeiras, o mais votado a prefeito, Eugênio Milton Bittencourt (PT), teve o registro de candidatura indeferido pela Justiça Eleitoral por rejeição de contas públicas. No caso, o Tribunal de Contas (TC) do Paraná identificou a compra de medicamentos em volumes superiores às necessidades da população, falta de fiscalização na entrega dos remédios e o recebimento de notas fiscais irregulares. A disputa está entre os candidatos Altamiro Braga (PMDB) e Lineu (PPS).
Em Quatiguá, Efraim Bueno de Moraes (PMDB), candidato reeleito, não conseguiu assumir a prefeitura em razão de duas ações movidas contra ele por improbidade administrativa devido a irregularidades praticadas em 2011. Concorrem à prefeitura Adelita do Efraim (PTB) e Fernando da Farmácia (PSDB).
Também estão agendadas para este domingo eleições suplementares nas cidades paulistas de Cafelândia, São José da Bela Vista e Mococa; em Guajará-Mirim (RO); Carmópolis (SE); Ipojuca (PE); e nos municípios catarinenses Sangão e Bom Jardim da Serra (SC).
Edson Ferreira
Reportagem Local/FOLHA DE LONDRINA

Nenhum comentário