Funcionários dos Correios aprovam paralisação



Funcionários dos Correios de Londrina e região decidiram iniciar greve por tempo indeterminado a partir da zero hora desta sexta-feira (28). A primeira assembleia foi realizada na noite da última quarta (26) e a votação que definiu a realização do movimento ocorreu por volta do meio-dia desta quinta (27) no Centro de Distribuição dos Correios na PR-445, zona oeste de Londrina. Trabalhadores de outras 20 cidades do Paraná já haviam decidido dar início à paralisação. Curitiba, Maringá, Ponta Grossa, Cascavel e Foz do Iguaçu fazem parte dessa lista.
Segundo o diretor regional do Sindicato dos Trabalhadores nos Correios do Paraná (Sintcom-PR), Cristian Felipe Ratz, o sucateamento da empresa está entre as reclamações da categoria. "Queremos a saída do presidente dos Correios, Guilherme Campos Júnior; mais segurança nas agências; mais contratações; somos contra a suspensão das férias dos funcionários; contra a mensalidade cobrada pelo plano de saúde; contra o fechamento de agências e centros de distribuição e contra a privatização dos Correios. Estamos lutando por mais qualidade nos serviços", ressaltou.
Funcionários já interromperam as atividades nesta quinta-feira. Conforme Ratz, duas reuniões foram realizadas entre representantes da categoria e da empresa, mas não houve consenso. O sindicato de Londrina e região abrange 89 municípios e, aproximadamente, 1,3 mil funcionários. Os trabalhadores permanecerão concentrados no Centro de Distribuição dos Correios na PR-445. Um carro de som também será utilizado para divulgar uma carta aberta à população. Outra reivindicação dos funcionários é que sejam realizadas auditorias públicas nas contas da empresa. "A receita aumentou mais de 10% nos últimos anos. A empresa é autossuficiente", afirmou.
De acordo com Ratz, o salário base da categoria é de R$ 1.600. Mais de 20 mil trabalhadores deixaram a empresa nos últimos cinco anos em todo o País e não houve reposições na mesma proporção. A Federação Nacional dos Trabalhadores em Empresas de Correios e Telégrafos e Similares (Fentect) destacou que 33 sindicatos se manifestaram a favor da paralisação. Mais de 117 trabalhadores atuam na empresa.
A assessoria de imprensa dos Correios não se manifestou até o fechamento desta edição. No site da empresa, a informação disponibilizada é que as atividades não foram afetadas nesta quinta. Apenas serviços com hora marcada (Sedex 10, Sedex 12 e Sedex Hoje) foram suspensos.
Viviani Costa
Reportagem Local/FOLHA DE LONDRINA
Funcionários dos Correios aprovam paralisação Funcionários dos Correios aprovam paralisação  Revisado por Blog do Chaguinhas on 06:36:00 Rating: 5

Nenhum comentário:

Anúncios