3,9 mil pessoas são atingidas pelas chuvas no Paraná



Cerca de 50 árvores caíram e 300 casas foram danificadas em Tamarana


Pelo menos 26 municípios paranaenses foram atingidos pelas fortes chuvas que caem desde sexta-feira (3). De acordo com o último boletim da Defesa Civil, 3.935 pessoas foram afetadas, sendo que 78 ainda permanecem desalojadas. Além de Tamarana, Bom Jesus do Sul (Sudoeste), Marialva (Noroeste) e Salgado Filho (Sudoeste) também registraram grandes estragos.

Somente em outubro, a Defesa Civil assinalou 156 ocorrências, o que supera praticamente todo os atendimentos ao longo dos nove primeiros meses de 2017, de cerca de 150. "Chama atenção porque os períodos de picos são em julho e durante o verão. No restante, normalmente, temos uma sazonalidade", afirmou o capitão Romero Nunes da Silva Filho, chefe Operacional do órgão no Paraná.

TAMARANA
Em Tamarana (Região Metropolitana de Londrina), moradores e prefeitura vão levar alguns dias para se recuperarem dos estragos causados pela tempestade de sábado (4). Muitas famílias perderam móveis, colchões, roupas e alimentos e agora contam com a ajuda da comunidade.

A Secretaria de Assistência Social está recebendo doações na própria sede, que fica na rua Evaristo Camargo, 1.101, e também no Cras (Centro de Referência de Assistência Social), localizado na rua Durval Azevedo Costa, ao lado da UBS (Unidade Básica de Saúde) do Jardim Juny.

Para mensurar os prejuízos, agentes comunitários de saúde começaram na manhã desta segunda-feira (6) a visitar as residências afetadas. De acordo com o Sisdc (Sistema Informatizado de Defesa Civil) do Estado, chega a 300 o número de casas danificadas. A tempestade comprometeu todo o abastecimento de água, energia elétrica, telefone, internet e gerou a suspensão das aulas nas escolas municipais e estaduais, afetando cerca de 1.200 alunos. Além disso, mais de 50 árvores caíram sobre ruas e muros.

Os dados estão sendo coletados em conjunto com uma equipe de engenheiros do município e apontarão a necessidade de o município decretar estado de emergência. Ontem, em reunião com o secretariado, o prefeito Beto Siena (DEM) também informou que a festa no mês de dezembro, para celebrar a emancipação do município, foi cancelada. A medida foi tomada, segundo Siena, por precaução, embora não se tenha um número preciso de quanto a prefeitura irá aplicar na recuperação dos estragos.

LERROVILLE
No distrito de Lerroville, na região sul de Londrina, moradores também ficaram sem energia elétrica e água potável. Segundo a Defesa Civil, a distribuição parcial de ambos os serviços seria normalizada até o fim desta segunda. No distrito caíram 35 árvores e 22 famílias precisaram de atendimento devido a destelhamentos. Todas receberam lonas para cobrir as casas.

Em Londrina, foram atendidos chamados de queda de árvores na rua Bélgica, no distrito de Guaravera, onde a árvore caiu em cima do muro da Escola Municipal John Kennedy, e no patrimônio do Guairacá, em que uma árvore caiu em cima de uma casa. Não houve feridos.

PREVISÃO
De acordo com o Simepar (Sistema Meteorológico do Paraná) não há uma estação meteorológica em Tamarana. A mais próxima fica em Apucarana (Centro-norte) e registrou no sábado aproximadamente 40 milímetros de chuva e ventos de até 80 km/h. As fortes rajadas de vento e os estragos causados em poucos minutos fizeram com que a população de Tamarana acreditasse em um possível tornado.

O meteorologista do Simepar, Fernando Mendes, lembra que o Paraná já registrou passagens de tornados, mas diz que só é possível confirmar o fenômeno por meio de uma análise minuciosa. "Pode haver uma rajada de vento, por exemplo, que vai atingir toda uma área de forma igual. Não dá para precisar se foi um tornado ou uma rajada de vento, pois as variantes são muitas", ressalta. Quanto à velocidade do vento, em uma rápida leitura dos dados, Mendes estima entre 55 e 75 km/h em Tamarana, por volta das 14h30 de sábado.

A previsão, segundo o meteorologista, é de tempo estável até quinta-feira (9). A partir daí, o tempo voltar a ficar instável, inclusive com possibilidade de chuva forte e ventos isolados.
Micaela Orikasa e Pedro Marconi
Reportagem Local/FOLHA DE LONDRINA
3,9 mil pessoas são atingidas pelas chuvas no Paraná 3,9 mil pessoas são atingidas pelas chuvas no Paraná  Revisado por Blog do Chaguinhas on 09:18:00 Rating: 5

Nenhum comentário:

Anúncios