Criminosos que fizeram família de tesoureiro da Caixa refém queriam levar dinheiro de carro-forte, diz PM



FONTE - GLOBO.COM
Os criminosos que fizeram a família de um tesoureiro da Caixa Econômica Federal (CEF) do Centro de Santa Bárbara d'Oeste (SP) refém queriam levar o dinheiro de um carro-forte na agência nesta quinta-feira (9), segundo a Polícia Militar (PM). A família era observada pelo bando há cerca de oito meses. Três homens foram presos, ninguém ficou ferido e nada foi roubado.
Segundo o capitão da PM de Santa Bárbara d'Oeste Ricardo Anversa, dois homens armados e encapuzados abordaram a esposa do tesoureiro quando ela voltava da escola do filho, por volta de 7h, após deixá-lo na aula.
Com ela feita refém, a dupla seguiu para a casa do tesoureiro. No imóvel, o funcionário da CEF e a cunhada dele foram rendidos pelos criminosos, que permaneceram no local por duas horas.
Os assaltantes deixaram a residência do homem em três carros, sendo dois da família, e foram para a região da agência. Segundo o capitão, a ideia era utilizar o tesoureiro para pegar o dinheiro de um carro-forte que descarregaria na agência.
Policiais militares fazem o cerco à agência da Caixa Econômica no Centro de Santa Bárbara (Foto: Cristina Maia/EPTV)Policiais militares fazem o cerco à agência da Caixa Econômica no Centro de Santa Bárbara (Foto: Cristina Maia/EPTV)
Policiais militares fazem o cerco à agência da Caixa Econômica no Centro de Santa Bárbara (Foto: Cristina Maia/EPTV)

Denúncia

Uma denúncia anônima feita para a Polícia Federal (PF), porém, frustrou os planos do grupo. Os policiais receberam a informação de que havia um sequestro na casa do tesoureiro e foram ao imóvel, que fica na Vila Grego. No local, encontraram a mulher e a cunhada amarradas e a liberaram.
Enquanto as duas eram liberadas, outras viaturas foram para o Centro e isolaram a região do banco. Uma equipe entrou na agência, onde encontrou o tesoureiro sozinho. Todos os clientes e funcionários foram revistados e permaneceram na unidade por uma hora.
Um dos presos foi preso na região do banco. Segundo a apuração da reportagem, ele estava dentro de um restaurante em frente à agência. A PM informou que os outros dois suspeitos foram detidos após patrulhamento na cidade, mas não detalhou onde.
Os três homens, que não tiveram a identidade informada, foram encaminhados para a Polícia Federal de Piracicaba (SP), onde o caso será investigado. Uma arma que estava com os suspeitos também foi apreendida.
De acordo com a PM, a suspeita é de que ao todo dez pessoas participaram do planejamento e execução do crime. Policiais de Santa Bárbara, Piracicaba e Ameriana (SP) atuaram na ação, além do helicóptero Águia da PM, que sobrevoou a região para tentar localizar suspeitos.

Filho

Segundo o tenente Rocha, que atuou na operação, o filho do funcionário da CEF estava na escola no momento do sequestro. Equipes da PM foram para o colégio em que ele estuda.
"O filho estava na escola e as viaturas foram para lá para dar o suporte e para que nada de pior acontecesse com ele. O deslocamento das viaturas para a escola foi uma ação preventiva para coibir que criminosos possivelmente entrassem em contato com essas crianças", informou o tenente.

A Caixa

Por nota, a CEF informou que "informações sobre eventos criminosos em suas unidades são repassadas exclusivamente às autoridades policiais, e ratifica que coopera integralmente com as investigações dos órgãos competentes".
Segundo a assessoria de imprensa, a agência Santa Bárbara D´Oeste ficará fechada nesta quinta e reabrirá na sexta-feira (10) das 11h às 16h.
Policiais cercaram a agência da Caixa em Santa Bárbara d'Oeste (Foto: Rick Drummer)Policiais cercaram a agência da Caixa em Santa Bárbara d'Oeste (Foto: Rick Drummer)
Policiais cercaram a agência da Caixa em Santa Bárbara d'Oeste (Foto: Rick Drummer)

Agência dos Correios

Há oito dias, cinco criminosos entraram na agência dos Correios no Centro de Santa Bárbara e fizeram 30 pessoas reféns. Dois deles conseguiram fugir e os outros três se entregaram. Nenhum dos reféns foi ferido, mas três pessoas passaram por atendimento no Pronto-Socorro do Hospital Dr. Edson Mano por estarem em estado de choque.
A ação foi encerrada após uma negociação entre a PM e os criminosos que durou 1h15. A equipe da EPTV acompanhou o contato com os homens e a liberação dos reféns. O caso também foi registrado na Polícia Federal, responsável pela investigação.
Criminosos que fizeram família de tesoureiro da Caixa refém queriam levar dinheiro de carro-forte, diz PM Criminosos que fizeram família de tesoureiro da Caixa refém queriam levar dinheiro de carro-forte, diz PM Revisado por Blog do Chaguinhas on 18:36:00 Rating: 5

Nenhum comentário:

Anúncios