Últimas notícias

Quatro suspeitos são autuados no caso da mulher que caiu do quarto andar em Londrina

Quatro pessoas foram autuadas em flagrante pela morte de Olga Aparecida da Silva, de 51 anos, que caiu do quarto andar de um prédio na rua Mato Grosso na tarde deste domingo (24). Luiz Reis Garcia, de 65 anos, (marido da vítima) seus dois irmãos, Amaury Luiz Garcia, 73 anos, e Antonia Helena Garcia, de 59, e ainda o sobrinho Cleverton Luiz Garcia, de 38 anos, devem responder por feminicídio e fraude processual.

Segundo a Delegada Jeane dos Santos, o corpo tinha perfurações que, ao que tudo indica, teriam sido feitas por uma faca, antes da queda. As pessoas envolvidas não souberem explicar a lesão e nem informar como Olga caiu. A delegada ainda afirma que os indícios apontam para uma modificação da cena do crime. A faca que teria provocado a lesão na mulher não foi encontrada e Luiz tinha marcas de sangue na camisa que não soube explicar.

A delegada ainda informou que cerca de 20 minutos antes da queda, a porteira do prédio teria presenciado uma discussão entre o casal, inclusive com vias de fato. Para a delegada, devido a sua debilidade física o marido de Olga não deve ter agido sozinho,  o que conclui que houve a participação de outras pessoas.

Fonte Tarobanews (Colaboração: Evandro Ribeiro) Grupo Amigos da Notícia/VIA BLOG DO ODAIR MATIAS.

Nenhum comentário