Últimas notícias

Perseguição policial começa em Andirá e termina com acidente em Cornélio Procópio

Motorista teria furtado o veículo e ameaçado matar toda a família.

A ocorrência começou no início da tarde de sexta-feira (27), na cidade de Campinas, no interior  de São Paulo, após um roubo de veículo, onde equipes policiais daquele estado e de várias cidades do Norte do Paraná, tentavam deter um motorista de cometer uma tragédia.

De acordo com o Subtenente Carlos da Polícia Militar de Cornélio Procópio, tudo começou por volta do meio dia, quando o sobrinho de uma senhora moradora da cidade de Campinas, após brigar com o tio, subtraiu o veículo Renault Sandero de propriedade da mulher, levando consigo uma quantia de duzentos e oitenta reais e um aparelho celular pertencentes à tia.

A informação que chegou a Polícia Militar do Estado de São Paulo era que o rapaz se dirigia para a cidade de Cornélio Procópio, onde mataria os pais e depois cometeria o suicídio.

Tal informação foi repassada ao comando do 18ª Batalhão de Polícia Militar no Paraná, que solicitou as equipes das cidades por onde ele poderia passar ficarem em alerta.

No começo da noite a equipe da PM da cidade de Andirá avistou o carro na BR 369, onde foi tentada uma abordagem, mas o motorista do carro não acatou a ordem de parada e passou pelo bloqueio.
Então foi feito contato com a equipe da PM de Bandeirantes, que fez um cerco na rodovia, mas novamente o motorista conseguiu fugir, seguindo em alta velocidade pela BR 369 em direção a Cornélio Procópio.

Um novo bloqueio foi feito em frente o posto da Polícia Rodoviária Federal na BR 369 em Cornélio Procópio, para evitar que o motorista entrasse na cidade, contudo, mais uma vez ele passou pelo bloqueio, no momento em que os policiais efetuaram disparos contra o carro usando suas armas de fogo.

A perseguição só terminou em frente à Companhia Iguaçu de Café Solúvel, na BR 369, quando o motorista do carro furtado perdeu o controle, colidiu contra um barranco, rodou na pista e parou ao se chocar contra uma árvore.

Ele sofreu ferimentos leves, sendo acionada a equipe do SAMU para socorrê-lo, o qual foi encaminhado para a Santa Casa local e após ser medicado, foi conduzido a 11ª SDP, informou o Subtenente Carlos.

Segundo o Subtenente, ao ser preso, o acusado negou o roubo do veículo, afirmando que a tia tinha autorizado ele pegar o carro para  ir até a cidade de Londrina, onde iria tentar transferir o curso de Direito, o qual frequenta, para a cidade de Campinas e que o dinheiro, mais o celular, que ele acabou jogando na estrada pesando que este pudesse ser rastreado, já estavam no interior do automóvel.

Os pais relataram que o rapaz acabou de chegar de Portugal, onde trabalhava e foi até Campinas se internar em uma clínica para se livrar do vício em drogas.


Ele ficou sob os cuidados da autoridade da Polícia Civil e poderá ser enquadrado  nos crimes de roubo, desobediência, direção perigosa e ameaça de morte, finalizou o Subtenente Carlos.

Portal Anuncifacil/VIA BLOG DO ODAIR MATIAS

Nenhum comentário