Últimas notícias

Polícia Civil de São Jerônimo da Serra intensifica investigação de suposto Latrocínio e Estupro


Na data de 09 de julho de 2018, por volta 09h30min, compareceu no Pelotão policial militar a pessoa de JOSUE BARBOSA, conhecido por “Zuzu”, relatando que "possui um sitio na Agua do Tigre, denominado “Sitio Santa Maria do Tigre”, s/n, Município de São Jerônimo da Serra e que recebeu notícia de que seu funcionário que exercia a função de caseiro teria sido executado durante a noite na data de 07/07/2018, sendo observado que no local dos fatos estava a pessoa de CLAUDIA MARIA DEODERIO DA SILVA VIEIRA, a qual se identificou como sendo a amásia da vitima, que informou que seu amásio foi econtrado em cima do sofá com marcas de lesão na região do pescoço e cabeça, com vestígios de degola e pancadas na cabeça; que em seguida foi acionada a Policia Civil e o Instituto Médico Legal que constatou o óbito da vítima SILVANO DOS SANTOS CARVALHO e, segundo a amásia da vítima, ela estava em companhia de seu amásio, quando três indivíduos desconhecidos chegaram por volta das 19:00 horas da data acima citada, entrando pela porta dos fundos, adentraram portando um objeto que aparentemente se tratava de uma arma de fogo, e já chegaram agredindo a vítima fatal, uma vez que ele teria tentado inibir a entrada deles na residência, após amarraram as mãos da amásia com uma corda, amordaçaram-na e a bateram com tapas em seu rosto e logo após a trancaram em seu quarto juntamente com um dos indivíduos, o qual teria a estuprado e depois na sequencia esse elemento teria dormido; que a amásia da vítima ainda relatou que ainda que um tempo depois, conseguiu se soltar e fugiu de dentro do quarto, onde ela avistou seu amásio em cima do sofá com sinais de degola e em seguida buscou socorro em um sitio vizinho, sendo subtraído dela um relógio de pulso e um telefone celular; que no local foram encontrados objetos com sinais de sangue, os quais foram apreendidos.

Diante de tais fatos, logo que instaurado o Inquérito Policial para apuração dos fatos, foram solicitadas as primeiras diligências pela Autoridade Policial competente, Dr. Flávio Junqueira. A vítima foi encaminhada ao IML de Londrina para perícia em relação às lesões supostamente sofridas, bem como para Exame de Conjunção Carnal.

Além disso, foi acionado Instituto de Identificação a fim de que fosse realizada uma perícia datiloscópica na residência, bem como em objetos apreendidos.

De acordo com Delegado Titular da 33ª Delegacia Regional de São Jerônimo da Serra, Flávio Junqueira, “trata-se de um crime de alto grau de complexidade, em razão da falta de testemunhas e na dificuldade de montar a dinâmica do crime”, porém com as diligências já realizadas, unindo-se às declarações da vítima, aguardamos as respostas dos laudos periciais, para que possamos seguir numa linha de investigação, buscando a solução desse bárbaro crime.

Nenhum comentário