Últimas notícias

Bandidos violentos são presos após assalto na entrada de Cornélio Procópio

Os elementos praticaram um assalto com violência, prendendo e agredindo as vítimas na cidade de Bandeirantes.
Na noite de quarta feira, 29, por volta das 19h, três indivíduos encapuzados e armados invadiram uma residência na rua Eurípedes Rodrigues em Bandeirantes, onde renderam o casal de proprietários e praticaram um roubo agravado com violência.
De acordo com a Rotam, os bandidos agrediram as vítimas com coronhadas e brincaram de “roleta russa” com elas (operação que consiste em deixar uma só bala no tambor de um revólver, fazê-lo girar, apontar o cano da arma para a vítima, sem conhecer a posição exata da bala, e apertar o gatilho) .
Os elementos prenderam o casal e ficaram quase uma hora na casa das vítimas, de onde subtraíram aparelhos eletrônicos, joias, dinheiro, uma pistola cal. 22 de cano curto e diversos cheques em nomes de terceiros. Os assaltantes ainda usaram o veículo das vítimas para empreender fuga; uma camionete Hilux de cor prata de placas FDN-2456.
A Polícia de Bandeirantes socorreu o casal que estava trancado e amarrado em um quarto da casa. De posse das informações colhidas com as vítimas, foram acionadas as Forças de Segurança da Região,  onde houve o cerco ao perímetro e o monitoramento das estradas.
Os elementos acabaram furando a barreira do Posto da PRF na BR 369 porém, foram surpreendidos e detidos na entrada de Cornélio Procópio.
Os dois meliantes presos em flagrante são conhecidos da polícia de Bandeirantes. A polícia acredita que o terceiro elemento, teria fugido em outro veículo.
Graças à integração entre Polícia Rodoviária Federal, Rotam de Bandeirantes e Radiopatrulhas do 18º Batalhão da Polícia Militar, a operação foi bem sucedida sendo possível tirar de circulação, dois perigosos bandidos que praticaram o roubo agravado. As diligências continuam com o intuito de localizar o terceiro assaltante que, até o fechamento desta matéria, se encontra foragido.
Fotos e informações Reginaldo Tinti /Grupo Amigos da Notícia /Texto Odair Matias.

Nenhum comentário