Últimas notícias

Estudo mostra drama de agentes penitenciários, afirma João Arruda

João Arruda: "Temos 3,1 mil agentes e uma média de quatro para cada mil presos"
O deputado João Arruda, candidato ao Governo do Estado pelo MDB, recebeu nesta quarta-feira (29), um diagnóstico que mostra a dura vida dos agentes penitenciários do Paraná. O estudo, elaborado pelo sindicato da categoria, revela que hoje 19 mil detentos estão amontoados em 33 penitenciárias no Estado.

"É um quadro preocupante. Temos 3,1 mil agentes, o que dá uma média de quatro para cada mil presos", revelou João Arruda. A segurança pública é uma preocupação do candidato, que já denunciou a superlotação de presos nas delegacias.

Na pesquisa, entregue pelo presidente do Sindarspen, Ricardo Miranda, mais de mil agentes relatam as prioridades do setor, que apresenta um déficit de 1,6 servidores. O estudo mostra ainda 72% de insatisfação e que 79% estão descontentes com a imagem que a sociedade tem da categoria.

João Arruda vai abrir o orçamento do Governo com as categorias, para juntos encontrar soluções. “Os agentes precisam de uma estrutura que funcione e a sociedade alternativas para recuperação e reintegração do detento”, disse.

FONTE - RONILDO PIMENTEL

Nenhum comentário