Últimas notícias

Requião: “Agora sabemos como Richa e Ratinho conseguem o apoio dos partidos e deputados”

O senador e candidato à reeleição Roberto Requião (MDB) disse que na disputa da eleição de 2014, o então governador Beto Richa "comprou" 17 partidos políticos e lançou 586 candidatos a deputado federal e estadual “com dinheiro que não sabíamos de onde vinha. Mas agora temos claro que foi das escolas pagas e não construídas, do pedágio, do fisco estadual...", ressaltou Requião quinta-feira (4), em evento na Sociedade Thalia, em Curitiba.

De acordo com Requião, "(o dinheiro veio) desses escândalos todos que já puseram o (ex) governador e metade de seu secretariado na cadeia e que ao menos vão garantir 30 anos de prisão para essa gente podre que roubou o Paraná”, disparou.

Requião citou que, naquela eleição, com esse dinheiro da corrupção, “a turma do Ratinho elegeu 12 deputados estaduais. Foram os que aplaudiram o massacre dos professores, o roubo da previdência e a anarquia total do estado do Paraná".

"Se ele estava por perto e não sabia de nada, então ele deve ser um completo idiota. Só existem duas opções, ou é idiota ou é tão ladrão quanto o governo do qual participou”, disse Requião. Segundo ele, por inocência ou conveniência, Cida Borghetti também fingiu que não viu nenhum escândalo mesmo estando dentro do governo.

“Agora eles lançam dois candidatos? Essa gente não pode botar o pé no estado. São parte da mesma quadrilha. Os dirigentes da campanha são os mesmos da campanha do Beto Richa. Os que não estão na cadeia estão na campanha do Ratinho ou da Cida”.

Requião encerrou pedindo o esforço dos apoiadores na conquista dos votos dos indecisos, para colocar João Arruda no segundo turno. “Estamos muito perto desta primeira vitória. E a segunda vitória virá no cara a cara, no confronto direto, na comparação de histórias e posições. Peço esforço nessa reta de chegada porque o segundo turno fica por nossa conta”.

Foto: Eduardo Matysiak

Nenhum comentário