Últimas notícias

Ocupação em hotéis de Costa a Costa está ótima no Paraná, no Litoral está em 85% para Réveillon

Ocupação em hotéis do Paraná perto de 100% para as festas de final de ano.
Foto: Jaelson Lucas/ANPr
Dados da Federação das Empresas de Hospedagem, Gastronomia, Entretenimento e Similares do Paraná (Feturismo) revelam que a taxa de ocupação nos hotéis do Litoral paranaense está em 85%. Os números, que mostram um índice alto, apesar dos pontos negativos da temporada, como aumento do pedágio e preço alto dos combustíveis, ganharam destaque em reportagem do portal Bem Paraná neste sábado  (29).

"Sim ainda existem leitos disponíveis", conta a diretora de marketing da Feturismo, Susana Klein. "Assim como as rodovias foram restauradas em tempo recorde e os municípios investiram em sua infraestrutura, houve um investimento na qualificação da mão de obra e infraestrutura preparada para atender os turistas", ressaltou.

 Um exemplo é o Hotel Camboa de Paranaguá, que revitalizou o seu parque aquático e investiu em uma programação diferenciada para o Réveillon 2019, incluindo aos serviços habituais os jantares e a ceia especial da virada, além de recreacionistas para promover atividades de esporte e lazer e atrações especiais para a virada, incluindo a queima de fogos. "Deu tão certo que as mesmas opções oferecidas pelo Camboa de Antonina, esgotaram a ocupação nesta unidade da rede", explica Eduardo Maranhão, proprietário da rede.

Costa a costa
O vice-presidente da Feturismo, Fábio Aguayo, comemorou os números da ocupação no litoral, região leste do Estado, e destacou também os índices próximos a 100% em Foz do Iguaçu, No Oeste do Paraná. "De costa a costa a ocupação hoteleira está beirando índices positivos e de quase lotação máxima", disse.

"Em Foz do Iguaçu já está quase 100% e no litoral alguns hotéis já estão com 100%, sendo que a média da região é de está 85%", comemorou Aguayo. "Esta ocupação também reflete nos restaurantes, bares e casas noturnas, que preparam atrações e preços justos, mas muita qualidade", completou Aguayo, que é presidente da Associação Brasileira de Bares, Restaurantes e Casas Noturnas (Abrabar) e Sindiabrabar.

FONTE - RONI PIMENTEL

Nenhum comentário