Últimas notícias

Dupla Atletiba mira vaga antecipada na Copinha; LEC, a primeira vitória

O Londrina do técnico Silvinho empatou com o Confiança-SE na estreia e precisa vencer o Taboão da Serra para ainda ter chance de classificação

Dois dos três times paranaenses que jogam neste domingo (6) pela Copa São Paulo de Futebol Júnior podem garantir vaga antecipada para a próxima fase com uma vitória na segunda rodada. Tanto o Coritiba como o Athletico-PR venceram o primeiro jogo e precisam de uma vitória simples para conseguir o objetivo. Já o Londrina, que empatou com o Confiança-SE na quinta-feira (3), tem que vencer para continuar com chances de classificação.

O Tubarãozinho enfrenta a equipe de Taboão da Serra pelo grupo 24 no estádio municipal Dr. José Sidney da Cunha, em Capão Bonito, às 16 horas. No mesmo horário, pelo grupo 26, o Coritiba enfrenta o Madureira-RJ no estádio municipal Antônio Soares de Oliveira, em Guarulhos. Já o Athletico-PR duela contra o Comercial de Ribeirão Preto pelo grupo 6 às 19h15, no estádio Alonso de Carvalho Braga, em Tupã.

O adversário do Londrina, o Taboão da Serra, participa da Copa São Paulo há 15 anos. Atualmente é treinado pelo técnico Diego Souza. O time paulista, que empatou em 0 a 0 com o Elosport-SP na primeira rodada, teve um gol mal anulado por impedimento.

O Londrina segue com elenco completo e o técnico Silvinho não terá dificuldades para escalar o time, já que não há ausências por contusão. As esperanças recaem sobre os meio-campistas Luquinha e Victor Daniel, que tiveram uma boa atuação na primeira partida. Outro que pode se destacar é o lateral-direito Alysson Hobert, que antes da Copa São Paulo marcou um gol em jogo-treino contra o time profissional do Maringá. Vale lembrar que na Copa São Paulo são permitidas até seis substituições durante a partida, mas no máximo três paradas para isso.

O Coritiba, por sua vez, já foi semifinalista duas vezes no torneio, em 2004 e 2012. Neste ano, a equipe, comandada pelo técnico Mozart, conta com elenco mais jovem que a da edição passada, com média de idade de 17,5 anos. Seu adversário, o Madureira, conhecido como Tricolor Suburbano, perdeu para o Flamengo-SP na primeira rodada por 2 a 0 e deve vir para cima do time paranaense.

No Furacãozinho, o técnico Marcão tem como um dos destaques da equipe o meia-atacante Bruno Leite, que possui um perfil versátil, podendo atuar tanto no meio de campo quanto no ataque. O Comercial, conhecido como Leão do Norte, estreou com vitória sobre o Tupã. Desde 2013, o Comercial tem marcado presença na competição, com exceção de 2015. A equipe nunca conseguiu avançar para a segunda fase da competição. Em 2018, ficou em terceiro na fase de grupos.


Vítor Ogawa
Reportagem Local/FOLHA DE LONDRINA

Nenhum comentário