Últimas notícias

Campo Mourão e Londrina se enfrentam em busca de reabilitação

Rivalidade em quadra: cidades do Norte e Noroeste construíram as principais histórias do basquete do Estado nas últimas décadas
O Londrina Unicesumar Basketball terá um confronto paranaense pela frente na busca pela reabilitação na Liga Ouro de basquete. Os londrinenses jogam na quinta-feira (7) diante do Campo Mourão, no ginásio JK, no Noroeste do Estado. A partida começa às 19h30.

As duas equipes fazem campanhas idênticas após quatro rodadas. São três vitórias e uma derrota, com 75% de aproveitamento. O Campo Mourão ocupa o segundo lugar, enquanto o Londrina é o quarto, devido aos critérios de desempate.

"Londrina tem uma história no basquete e Campo Mourão construiu a sua também nos últimos anos. E certamente este ingrediente da rivalidade vai ser um ponto relevante nesta partida", frisou o técnico do Londrina, Bruno Lopes. O jogo é válido pela quinta rodada da fase de classificação. "Como as duas equipes vêm de derrotas, isso pode esquentar ainda mais o jogo, já que ninguém vai querer perder de novo."

Após vencer os três primeiros jogos, o Londrina Basketball foi derrotado pelo São Paulo, fora de casa, na última rodada. Já o Campo Mourão perdeu para o Rio Claro no interior paulista.

O intervalo de uma semana na tabela de jogos permitiu ao clube londrinense colocar em condição de jogo o reforço norte-americano Jonathan Mulmore, apresentado na semana passada. Aos 23 anos, o ala será a grande novidade no duelo em Campo Mourão.

"Ficamos bem contentes com a capacidade técnica e física que ele apresentou nos treinamentos. Apesar de participar de apenas quatro treinos, conseguiu absorver bastante da parte tática", apontou Lopes. "Ele vai nos ajudar na questão de estar sempre entre os maiores pontuadores, mas é um jogador que também sabe jogar em grupo."

Por outro lado, a dúvida do técnico londrinense é em relação ao aproveitamento do ala/armador Nathal, que sofreu uma pancada forte nas costas na última partida e não sabe se terá condições de atuar.

A equipe de Campo Mourão, rebaixada do NBB em 2018, reformulou todo o seu elenco para tentar voltar à elite do basquete nacional. "Eu os considero um dos candidatos ao título. Eles têm três americanos e uns dois ou três remanescentes do ano passado. É um time bem equilibrado e precisamos ter consistência para levar o jogo equilibrado até o fim e tentar a vitória", frisou Lopes.

A rodada da Liga Ouro terá mais uma partida na quinta-feira. O Basquete Blumenau recebe a Unifacisa-PB, em Santa Catarina. A competição tem na liderança o Basquete Cerrado-DF, com nove pontos, seguido de Campo Mourão, São Paulo e Londrina, todos com sete. Depois aparecem Rio Claro e Pato Branco, com cinco, e Unifacisa e Blumenau, com quatro.

A FOLHA apoia o Londrina Basketball na Liga Ouro, com ações de divulgação e sorteio de ingressos nas redes sociais.


Lucio Flávio Cruz
Reportagem Local/FOLHA DE LONDRINA

Nenhum comentário