[Fechar]

Últimas notícias

Manifestantes fazem protesto e liberam praça de pedágio na BR-369, em Arapongas

Dezenas de manifestantes fazem um protesto desde as 7h desta quarta-feira (1º) na praça de pedágio de Arapongas, na região norte. 

O grupo, formado por integrantes sindicais e funcionários da Viapar, liberou as cancelas para os motoristas que passam pelo trecho. Eles reclamam de atraso nos reajustes salariais. 

"Nós estamos parando hoje porque não tivemos ainda a negociação da data-base ano passado. Essa empresa, que hoje nós estamos fazendo protesto, está fazendo pouco caso do trabalhador. Não está nem aí para o reajuste salarial. Nós queremos reivindicar a melhoria para o nosso trabalhador", disse o presidente do Sindicato de concessões de pedágio do Paraná, Anderson Luiz Bueno. 

Por determinação judicial, as tarifas de pedágio cobradas pela concessionária Viapar foram reduzidas em 19,02% desde esta terça-feira (30). As tarifas para carro em Arapongas e Marialva passaram de R$ 10,50 para R$ 8,50. 

A determinação é em caráter liminar do Tribunal Regional Federal da 4ª Região (TRF4) e cabe recurso. 

Sobre o protesto, a Viapar disse que não se trata de paralisação de empregados da Viapar. a empresa disse ainda que em momento algum reduziu qualquer benefício de seus empregados e a empresa sempre se manteve em negociação. 

"Portanto, consideramos tal manifestação injusta e inoportuna e não há qualquer decisão judicial a favor do sindicato para que permita o levantamento de cancelas das praças de pedágio", diz trecho da nota. 

FONTE - G1 PR

Nenhum comentário