Últimas notícias

NA ZONA NORTE Suspeito de assalto a distribuidora de bebidas morre em confronto com a PM

Um rapaz de 30 anos morreu na noite desta terça-feira (12) em um confronto com policiais militares na rua Oséias Furtoso, no jardim Dom Pedro II, zona norte de Londrina. Segundo o major Nelson Villa, comandante da 4ª Companhia Independente, ele e outros assaltantes foram até uma distribuidora de bebidas da região, levaram dinheiro e objetos das vítimas e roubaram um veículo Cruze. 

Durante a fuga, a PM tentou a abordagem, mas, como a ordem não teria sido obedecida, os precisou revidar os tiros que eram disparados pelos criminosos. Bruno Henrique Aparecido Galdino, como foi identificado pelo Instituto Médico Legal, morreu no local. Os comparsas escaparam em outro carro e não foram presos. 

De acordo com Villa, um revólver calibre 38 do suspeito usado no confronto foi apreendido.


Passado


Em outubro de 2018, Galdino foi condenado a oito anos e seis meses em regime fechado por um roubo em dezembro de 2015 em um centro de distribuição de uma empresa de móveis em Jandaia do Sul (Noroeste). Segundo a denúncia do Ministério Público, o assalto foi praticado com mais sete pessoas, que não foram identificadas pela polícia. 

Eles entraram no estabelecimento armados e levaram mais de R$ 74 mil em cheques. As armas nunca foram apreendidas. Os criminosos amarraram os funcionários e os colocaram em um caminhão-baú, onde ficaram por aproximadamente 20 minutos. Os trabalhadores só foram libertados por um motorista que havia acabado de chegar no local.

Em abril deste ano, três desembargadores do Tribunal de Justiça absolveram Bruno Galdino da acusação. Os magistrados disseram que "não havia provas de que o réu tivesse participação no roubo". 

O rapaz cumpria pena no semiaberto por outro assalto cometido em 2012 contra uma siderúrgica de Londrina

BONDE
Rafael Machado - Grupo Folha

Nenhum comentário