[Fechar]

Últimas notícias

Tercilio alerta sobre cobertura vacinal para prevenir sarampo e outras doenças

O Paraná não pode correr o risco de expor crianças e adolescentes a doenças como sarampo, rubéola e caxumba, que podem ser prevenidas com a vacina tríplice viral e que praticamente não existiam mais no estado. Em pronunciamento na sessão de hoje na Assembleia Legislativa, o deputado estadual Tercilio Turini fez um alerta sobre a necessidade de se recuperar os 100% de cobertura vacinal.
Ele citou dados que mostram uma redução de 10% na estatística de vacinação no Paraná contra as três as doenças, caindo a cobertura de 99% para 90%. No Brasil, a diminuição foi maior, de 95% para 71%. “Os casos confirmados de sarampo aumentaram no país. Isso é um perigo, a doença normalmente apresenta complicações, num processo inflamatório que pode evoluir para pneumonia e chegar à morte”, ressaltou.
Tercilio lembra que como médico infectologista atendeu centenas de pessoas com sarampo, quando ainda não existia imunização. “É um absurdo alguns pensarem que a vacina pode provocar reações e deixarem de dar a tríplice viral para crianças e adolescentes”, destacou. “A vacina não provoca qualquer manifestação adversa”, disse.
Para o deputado, as secretarias de Educação do Estado e dos municípios devem adotar como norma a exigência de atestado de vacinação para crianças e adolescentes, no ato de matrícula. “Quem não estiver vacinado, terá um tempo para receber a tríplice viral. Se a família não cumprir a regra, a escola aciona o Conselho Tutelar”, sugeriu Tercilio Turini.

Nenhum comentário