Últimas notícias

Copel flagra 43 “gatos” de energia por dia em todo Paraná


Mais de 10.800 ligações irregulares de energia foram flagradas por equipes da Copel no Paraná no ano passado, o que equivale a 43 casos confirmados por dia. Conhecidas popularmente como “gatos”, as ligações de furto de energia encontradas, somadas, seriam capazes de abastecer uma cidade de 25 mil habitantes por um ano inteiro. As práticas de furto de energia e de adulteração no medidor são crimes, e, entre as penas previstas, estão o pagamento da energia desviada e de custos administrativos. As 40 equipes da Copel dedicadas ao trabalho de flagrar estas práticas recuperaram 34 milhões de reais em 2019. Além de prejudicar os outros consumidores, que são os que pagam pela diferença da energia furtada, os “gatos” geram variação de tensão e sobrecarga na rede, o que pode provocar explosões e incêndios. O superintendente comercial da Copel Distribuição.

O combate aos procedimentos irregulares exige tecnologia e gestão adequados. Isso porque a maior parte dos casos detectados atualmente, cerca de 80%, não é feita diretamente na rede, mas dentro da entrada de serviço das unidades consumidoras. Para potencializar a soma de esforços com a Polícia Civil na investigação dos casos, no ano passado técnicos da Copel participaram de atividades formativas para peritos. Quem tem informações sobre ligações irregulares ou fraudes na medição da energia elétrica pode denunciar de forma anônima para a Copel. No ano passado, foram 5 mil denúncias recebidas, que direcionaram 10% das inspeções. A denúncia pode ser registrada pelo telefone 0800 51 00 116, selecionando no menu inicial “outros serviços” e, em seguida, “informações comerciais”. (Repórter: Rodrigo Arend)

AGENCIA ESTADUAL DE NOTÍCIAS

Nenhum comentário