[Fechar]

Últimas notícias

BRIGA DE CASAL TERMINA EM TRAGÉDIA EM SANTO ANTÔNIO DA PLATINA

Os dois são do interior de São Paulo e caso ainda é investigado

Um casal de PMs teve uma discussão familiar em torno das 22 horas deste sábado, dia 30, e a situação se transformou num feminicídio ou acidente fatal. A mulher estava na residência dos pais na rua Amazonas, Vila Ribeiro, onde ocorreu o fato em Santo Antônio da Platina (foto).
Ela se chamava Luciana, os dois trabalhavam em Itu(SP) e estavam juntos há cerca de seis meses.A moça estava em férias e o rapaz estava de folga e viajou. No Norte Pioneiro, houve a briga.
Há três versões.
A princípio, a vítima morreu com tiro no tórax por disparo acidental após entrarem em luta corporal durante discussão conjugal.
Ou, por desequilíbrio emocional, o homem teria atirado e imediatamente se arrependido.
Uma terceira especulação seria ciúme porque um deles teria encontrado algo inapropriado no celular do cônjuge.
O que importa é que a corporação não deve se envergonhar até porque em todas as profissões acontecem indisposições fatais.
O 31º Batalhão de Polícia Militar do Interior com sede em Ourinhos , divisa com o Paraná via Jacarezinho/Santo Antônio da Platina veio buscar o companheiro, que, detido na 4ª Cia Platinense, estava inconsolável e iria se matar se não fosse colegas impedirem.
O Instituto Médico Legal de Jacarezinho levou o corpo para os exames de praxe e entregará para ser sepultado hoje em Salto (SP), onde residem os familiares da vítima.
O policial será transferido para o presídio da Polícia Militar Romão Gomes, onde possivelmente responderá por homicídio doloso, quando há intenção de matar. A unidade prisional fica na Zona Norte de São Paulo.
Neste domingo até à tarde, a P5responsável pela comunicação do 2º Batalhão da PM de Jacarezinho deve prestar informações.

Nenhum comentário