[Fechar]

Últimas notícias

Londrina, Maringá e Cascavel devem ter subsídio a carentes no transporte coletivo

Usuários do transporte coletivo das regiões metropolitanas de Londrina, Maringá e Cascavel podem ser beneficiados com subsídio do Governo do Estado. A proposta de criação de um “voucher” para pagamento da tarifa será analisada por técnicos e representantes das empresas, para ser transformado em projeto de lei a ser enviado para a Assembleia Legislativa do Paraná.
A proposição de subsidiar a população de baixa renda foi definida em reunião hoje de manhã no Palácio Iguaçu, em Curitiba, com a presença do chefe da Casa Civil, Guto Silva, deputados estaduais Tercilio Turini, Cobra Repórter, Tiago Amaral e Gugu Bueno. Também participaram representantes do DER, Elizabeth Bozza e Alexandre Fernandes, diretores das empresas TIL (Londrina) e Cidade Verde (Maringá), Paulo Bongiovanni e Alberto Crepaldi, além do dirigente da Coordenadoria da Região Metropolitana de Curitiba, Gilson Santos.
Como será votado projeto para atender o transporte coletivo de Curitiba, queremos o mesmo tratamento para as regiões metropolitanas de Londrina, Maringá e Cascavel. Muita gente tem dificuldade para pagar a tarifa de ônibus e a tendência é a situação piorar com a quantidade de pessoas desempregadas. O subsídio no formato de voucher aos mais necessitados pode contribuir, por exemplo, para que possam usar o transporte nos deslocamentos em busca de emprego”, diz o deputado Tercilio Turini.
Para ele, é importante que a comissão técnica formada por técnicos do DER, das empresas e das coordenadorias de regiões metropolitanas conclua o estudo com rapidez. “O projeto precisa ser enviado o quanto antes para votação na Assembleia, garantindo a Londrina, Maringá e Cascavel as mesmas condições de subsídio apresentadas para Curitiba”, afirma Tercilio Turini.

Nenhum comentário