[Fechar]

Últimas notícias

Salvador recebe primeira pós-graduação em transplante capilar do Nordeste


 

A Sociedade Brasileira de Dermatologia (SBD) estima que o número de calvos no Brasil está crescendo exponencialmente, já são cerca de 42 milhões de brasileiros afetados pela alopecia. E esse público já está procurando uma solução. Segundo o Google, o volume de pesquisas sobre ‘transplante capilar’ dobrou neste último ano. O cenário assustador para quem tem medo de perder os cabelos, na verdade, é uma ótima oportunidade para médicas e médicos que buscam uma área de atuação com mercado aquecido e chances de alto retorno financeiro. 

Para capacitar estes profissionais, a Medicina FTC abre a primeira pós-graduação em transplante capilar do Nordeste. O curso, com início das aulas previsto para 17 de março, terá abordagem prática, proporcionando o treinamento em fresh frozen cadavers e participação em cirurgias reais, além de toda capacitação teórica e módulos especiais de Marketing e Legislação. 

A técnica abordada na Pós da Medicina FTC é a FUE, abordagem cirúrgica que revoluciona as terapias capilares por ser menos invasiva e trazer resultados mais naturais. Com essa fama, a técnica já é a mais procurada por pacientes, garantindo retorno financeiro aos profissionais. “Há uma demanda reprimida absurda, pela falta de médicos capacitados, para atuar numa área de ticket médio alto”, explica o médico Markus Santil, coordenador da Especialização em Transplante Capilar da Medicina FTC. 

Mercado de transplante capilar - Até 2020, cerca de 60 mil pessoas saíram do Brasil pare realizar cirurgias de transplante capilar na Turquia. O investimento era alto e a logística, complicada. Assim, a alternativa ficou restrita a uma pequena parcela da população. Com a formação de profissionais capacitados, transplantes e demais terapias capilares podem ser oferecidas por médicos especialistas perto da casa do paciente.

Esse acesso facilitado aumenta a procura. “Transplante Capilar é o silicone masculino. Como há 20 anos, era difícil encontrar uma mulher que não quisesse ter prótese mamária, hoje acontece o processo similar com os calvos. Se fica natural, é acessível financeiramente e pode ser feito na sua cidade, por que não tentar?”, comenta o médico Markus Santil. 

Para o médico, que opera nas principais capitais do Brasil, em Portugal e na Espanha, a questão estética tem pesado bastante nessa decisão. “Os homens estão mais abertos a investir em estética, entendendo que este aspecto afeta a autoconfiança e, por isso, os resultados em todos os âmbitos da vida”. Ainda de acordo com o especialista, o avanço das técnicas cirúrgicas conferem um resultado mais natural, o que também inspira segurança em homens e mulheres. 

Sobre a Pós da Medicina FTC - A Especialização em Transplante Capilar é o primeiro curso de pós-graduação oferecido pela Medicina FTC. A expectativa da instituição é expandir o portfólio de educação continuada. O Programa de Pós-Graduação da Medicina FTC é coordenado pelo médico e pesquisador Bruno Bezerril. Além dos cursos de especialização, a instituição já oferece três programas de Residência em Salvador. 

|Pós-Graduação em Transplante Capilar| 

Início das aulas: 17 de março

Inscrições em: https://sou.medicinaftc.com.br/pos-transplante

+Informações pos@medicinaftc.com.br

Contatos da assessoria

Raisa Rodrigues

Tel.: (71) 99711 8599

E-mail: raisa.rodrigues@clariens.com.br

Nenhum comentário

UA-102978914-2