[Fechar]

Últimas notícias

CANCELAS NAS LINHAS FÉRREAS - Deputado Cobra Repórter pede providência ao ministro da Infraestrutura


 Depois do trágico acidente em Jandaia do Sul, que vitimou duas crianças e feriu outras pessoas, o deputado estadual Cobra Repórter (PSD) apresentou na Assembleia Legislativa do Paraná, nesta  quinta-feira (9), um requerimento solicitando providências urgentes para a obrigatoriedade da colocação de dispositivos de segurança nas passagens de nível. O documento é endereçado ao ministro da Infraestrutura, Renan Filho, à Secretaria Nacional de Transportes Terrestres (SNTT), ao Departamento Nacional de Infraestrutura de Transporte (DNIT), à Agência Nacional de Transportes Terrestres (ANTT) e, também, ao secretário de Estado da Infraestrutura e Logística, Sandro Alex, 

“Isso é uma omissão que permanece nas concessões das ferrovias brasileiras e que vem vitimando pessoas não só no Paraná. Nos últimos tempos, acidentes graves com mortes também aconteceram nas passagens de trens em Rolândia e Cambé. Precisamos dar um basta!”, enfatizou o deputado.

Cobra Repórter tem em tramitação na Assembleia Legislativa do Paraná o projeto de lei 695/2019, onde solicita exatamente a modernização das passagens de trens com a utilização de sensores digitais de presença, cancelas automatizadas, sinalização pictográfica com painéis de LED (diodo emissor de luz) e demais dispositivos de alerta e segurança aos transeuntes, com prioridade para avisos visuais luminosos e bloqueios físicos automáticos, que impeçam acidentes no tráfego de composições ferroviárias nos centros urbanos.

Para o deputado, a tragédia que ocorreu em Jandaia do Sul, assim como as de Cambé e Rolândia, onde uma mãe perdeu a vida, poderia ser evitada se providências fossem tomadas. Ele lembra que, nos dias de hoje, os trens são monitorados via GPS - Global Positioning System - uma tecnologia de localização e monitoramento via satélite, sistema criado em 1973 e até hoje somente as buzinas são utilizadas como alerta. 

“Nós, do Paraná, não aceitamos mais esta omissão e pedimos ao Governo Federal, que constitua Grupo de Monitoramento para fiscalizar os equipamentos de segurança nas ferrovias. Queremos também que se analise se as concessionárias estão cumprindo com o contrato de concessão, principalmente no que tange à segurança em passagens de nível. Queremos ainda que trabalhem para que cláusulas contratuais sejam impostas às concessionárias de ferrovias, obrigando a colocação de mecanismos de alerta, de bloqueio durante a aproximação e passagens dos trens e demais dispositivos que garantam a segurança aos transeuntes”, finaliza.

--
Assessoria de ImprensaMeire Bicudo (43) 3020-3410 ou (43) 99983-8530Veruska Barison (43) 3350-4060 ou (43) 99988-1421

Nenhum comentário

UA-102978914-2