[Fechar]

Últimas notícias

Romanelli pede disposição ao diálogo para o fim da greve da Renault


 O deputado Luiz Claudio Romanelli (PSD) usou a tribuna da Assembleia Legislativa na sessão plenária desta segunda-feira, 27, para defender uma solução negociada para a greve no complexo da montadora Renault, em São José dos Pinhais. Ele sugeriu a criação de uma comissão tripartite, envolvendo representantes dos trabalhadores, da empresa e do governo estadual para solucionar o impasse.


“Quando há um impasse desta magnitude temos que fazer o mesmo que sempre fizemos, que é buscar um acordo pelo diálogo, com a intermediação do Estado”, afirmou Romanelli, que já foi secretário estadual do Trabalho, Emprego e Economia Solidária e, à época, criou um grupo para mediação de conflitos entre empregadores e trabalhadores. “A solução para a greve deve sair de uma mesa de negociação com a presença do governo estadual”. 


Segundo o Sindicato dos Metalúrgicos do Paraná, cinco mil colaboradores da Renault estão parados há cerca de três semanas e a principal reivindicação diz respeito à saúde dos funcionários que estão na linha de produção. De acordo com o sindicato, mil trabalhadores estão afastados por causa de lesões por esforço repetitivo e seria necessária a contratação de mais pessoal. Outra pauta diz respeito à remuneração do programa de participação nos lucros e resultados.


Prejuízos - Romanelli observou que além de prejuízos aos trabalhadores, que estão há 22 dias sem salário, e das perdas de faturamento da própria montadora, a economia do Paraná também acaba prejudicada com a paralisação da produção da Renault. Ele lembrou que a multinacional recebe incentivos fiscais do Estado e recentemente anunciou um novo programa de investimentos de R$ 2 bilhões.

Nenhum comentário

UA-102978914-2