[Fechar]

Últimas notícias

Menino autista de 6 rege orquestra e faz maestro João Carlos Martins chorar

 


Imagem de capa para Menino autista de 6 rege orquestra e faz maestro João Carlos Martins chorar
O menino João Felipe rege a orquestra e faz o maestro João Carlos Martins chorar ao ouvi-lo como gente grande. - Foto: Reprodução/BandNews

Um menino autista de 6 anos rege a Orquestra Bachiana Filarmônica, em São Paulo, faz o maestro João Carlos Martins chorar e plateia aplaudir de pé. O próprio João Felipe Dantas também ficou emocionado e chorou abraçadinho ao mestre João Carlos.

O maestro convidou João Felipe, que é do Rio Grande do Norte, depois de ser procurado pelos pais do garoto. Eles afirmavam que o menino tinha um talento raro e o maestro quis se certificar. Depois de ver filmagens, João Carlos Martins ficou impressionado.

“Vocês ainda vão ouvir falar muito desse menino. Esse menino vai fazer história no Brasil”, reagiu o maestro João Carlos Martins.

Talento raro

O maestro e o pequeno regente se conheceram, no começo do ano, quando João Carlos Martins se apresentou em Natal, capital do Rio Grande do Norte.

Logo em seguida, o maestro enviou para a família do menino uma gravação da “Pequena Serenata Noturna”, de Mozart, e pediu que João Felipe ensaiasse.

Ele se dedicou tanto que foi parar à frente da orquestra.

O maestro disse que João Felipe demonstrou o “poder da música”, tocando com técnica, coração e o corpo todo.

Vai ser monitorado pelo maestro

João Carlos Martins anunciou, após a apresentação da filarmônica, que o menino será acompanhado e monitorado por ele.

Também afirmou que João Felipe vai iniciar os estudos de música clássica.

Hiperfoco em música

Os pais do menino, diagnosticado como autista há três anos, afirmam que João Felipe tem um foco para a música clássica, desde os primeiros anos de vida, e que se encantou por orquestras.

Segundo eles, o menino fala em ser maestro quando crescer.

João Felipe desenvolveu habilidades sozinho e já havia se apresentado com a Orquestra Sinfônica do Rio Grande do Norte, segundo reportagem da BandNews.

O hiperfoco é uma das características no autista.

É comum que as pessoas que se enquadram no Transtorno do Espectro Autista (TEA) debatam de forma contínua os mesmos tópicos em uma conversa, toquem de forma obsessiva instrumentos e leiam sobre os mesmos temas.

E o talento do Joã Felipe foi reconhecido por um dos maiores músicos da história do Brasil.

Que orgulho!

FONTE - SÓ NOTÍCIAS BOAS.

Nenhum comentário

UA-102978914-2