Últimas notícias

Dois homens morrem e três pessoas ficam feridas após serem baleadas em Londrina

Dois homens morreram e três pessoas ficaram feridas após serem baleadas entre a madrugada de domingo (10) e esta segunda-feira (11) em Londrina, no norte do Paraná. Uma situação ocorreu em uma troca de tiros com a Polícia Militar (PM), a segunda em um suposto acerto de contas e a última os suspeitos invadiram uma casa e atiraram contra um casal.

Confronto com a polícia

O primeiro caso ocorreu na madrugada de domingo, quando um homem, de 33 anos, morreu em confronto com a PM. De acordo com a polícia, uma equipe viu um carro prata suspeito durante patrulhamento na BR-369, em Cambé, tentou abordar o motorista, mas ele não parou.
Os policiais passaram a acompanhar o veículo pela rodovia, até que a certa altura o carro fez um retorno e disparou contra os militares, que revidaram. O acompanhamento continuou até Londrina, onde a viatura perdeu o suspeito de vista.
O carro foi visto pouco depois no Jardim Pacaembu, na região Norte. Policiais entraram no quintal para analisar a situação e viram um homem atrás do muro. O suspeito efetuou disparos contra a equipe, que revidou novamente.
Os bombeiros e o Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu) foram chamados, mas o homem já estava morto quando as equipes chegaram. O veículo tinha sido roubado na sexta-feira (8) e estava com outras placas. A arma dos policiais foi recolhida para perícia.
O corpo foi levado ao Instituto Médico-Legal (IML) de Londrina.

Troca de tiros da região oeste

Horas depois, por volta das 20h30 de domingo, dois homens ficaram feridos após uma troca de tiros no Jardim Maria Lúcia, na região Oeste. 

Um dos feridos está internado no Hospital Universitário (HU). Com ele foi encontrado um carregador de pistolas com 14 cápsulas de munição intactas. 

O homem disse à PM que foi ao local para acertar contas com um grupo que estaria cometendo roubos no bairro onde ele mora em Ibiporã. Ao chegar no local, foi recebido a tiros e revidou. Assim que receber alta médica será preso por porte ilegal de munição. 

Outro ferido na mesma situação, que tem 21 anos, está internado na Unidade de Terapia Intensiva (UTI) do hospital Santa Casa. Ele foi atingido por vários disparos, segundo o hospital. 

FONTE - G1 PR



Nenhum comentário