Últimas notícias

Jovem suspeito de envolvimento em assalto com morte é solto, em Ibiporã

Jean Mantovani, de 18 anos, suspeito de participar de um assalto que terminou com a morte de um adolescente, de 15 anos, foi solto na tarde desta quarta-feira (28), em Ibiporã, no norte do Paraná.
De acordo com a família do jovem, ele foi preso por engano. O crime ocorreu em 11 de agosto.
"Passei por momentos difíceis. Senti muita angústia, um desespero, mas é aprendizado, né. A sensação de estar aqui fora, poder estar com a minha família é uma sensação que não tem nem como explicar", disse Mantovani.
Segundo a Polícia Militar (PM), o acidente aconteceu durante uma perseguição. Três homens invadiram uma casa, roubaram eletrônicos e um deles fugiu com uma caminhonete do imóvel.
Os policiais fizeram um cerco na região, o suspeito atropelou o adolescente e acabou perdendo o controle do carro. Depois bateu em um muro e em um carro da polícia.
O jovem ferido foi socorrido, levado ao hospital Santa Casa, em Londrina, mas não resistiu. O corpo foi levado ao Instituto Médico-Legal (IML).
Após ser preso, o advogado e a família começaram a juntar imagens de câmeras de segurança para provar que Mantovani foi preso por engano.
O outro jovem, de 23 anos, que foi presos suspeito do crime afirmou em depoimento à polícia que não conhecia Mantovani e que ele não tinha participado do assalto. Mesmo assim, a Justiça negou o pedido de liberdade dele.
"Para mim foi muito doído porque é um menino bom, nunca mexeu com nada de ninguém. Graças a Deus nunca foi envolvido com nada errado. Isso doeu muito até na minha alma porque é um menino trabalhador, que nunca me deu trabalho", contou a avó Maria de Souza.
Com novas imagens de câmeras de segurança, a família conseguiu na Justiça que Mantovani respondesse ao processo em liberdade.
O jovem terá que cumprir medidas cautelares, como o comparecimento mensal em juízo, proibição de se ausentar da comarca e recolhimento noturno das 22h às 6h.
FONTE  G1 PR

Nenhum comentário