Últimas notícias

Concessionária retira lombadas de velocidade, mas cancelas extras continuam instaladas no pedágio de Jataizinho

Um dia depois de ser notificada pelo Departamento de Estradas e Rodagem (DER), a concessionária Econorte retirou as lombadas instaladas antes das cabines de segurança que obrigavam o motorista a reduzir a velocidade. No entanto, a empresa informou que não vai retirar as cancelas extras instaladas sem autorização do departamento.
Antes das cabines de cobrança, a empresa instalou cancelas extras e redutores de velocidade para evitar que usuários passem pelo local sem pagar a tarifa. A concessionária também contratou seguranças particulares para evitar confusão na praça.
A tarifa de pedágio em Jataizinho para carros custa R$ 23,70, e a rodovia não é duplicada.
A instalação desses novos dispositivos causou revolta entre alguns usuários. No domingo (6), centenas de manifestantes se reuniram na praça em protesto. As cancelas foram quebradas e vários motoristas passaram sem pagar a tarifa.
Por meio de nota, a Econorte informou que os redutores de velocidade foram retirados temporariamente e vai apresentar estudo para regularizá-los. Com relação às cancelas, a empresa vai solicitar prazo para justificar a implantação. Nesse tempo, não vai retirar os dispositivos.

O DER informou que as cancelas podem ficar, mas não poderão ser utilizadas, deverão ficar erguidas. A decisão é diferente de segunda-feira, quando o departamento informou que todos os dispositivos deveriam ser removidos.
Conforme o DER, se a empresa apresentar um estudo sobre a utilização de mais cancelas no pedágio e os técnicos aprovarem, o dispositivo poderá ser utilizado.
FONTE - G1 PR

Nenhum comentário