Últimas notícias

Professora é morta a tiros em Pinhão; ex-marido é o principal suspeito, diz PM


Uma mulher foi morta a tiros no início da tarde desta terça-feira (22), em Pinhão, na região central do Paraná. A vítima, Franciely Aparecida Tavares, 33 anos, era professora da rede municipal de ensino, de acordo com os bombeiros.

O ex-marido da vítima, de 48 anos, é o principal suspeito do crime, segundo a Polícia Militar (PM). Ele se entregou à polícia no distrito de Guará, em Guarapuava, também na região central, conforme a polícia.
O homem disse que atirou duas vezes contra a ex-mulher e fugiu por uma estrada rural, segundo a PM. O suspeito entregou uma arma de fogo aos policiais.

Uma câmera de segurança registrou o momento em que o suspeito corre atrás da vítima com uma arma na mão. A Polícia Civil não soube informar se o homem atirou no momento registrado pela câmera. 

A PM informou que o crime aconteceu pouco depois do meio-dia, no bairro São Cristóvão. Segundo o Corpo de Bombeiros, a vítima estava em um carro, voltando do trabalho para casa.

O corpo da vítima foi encaminhado para o Instituto Médico-Legal (IML) de Guarapuava.

A Escola Municipal Frei Francisco, onde a professora trabalhava, informou que as aulas estão suspensas até quinta-feira (24).

A Polícia Civil investiga o caso.

FONTE - G1 PR

Nenhum comentário