Últimas notícias

PREJUÍZO - Governo Ratinho Jr envia mais projetos, sem estudo de impacto financeiro, para aprovação em regime de urgência na ALEP.

Apresentados aos deputados estaduais na semana passada, dois novos projetos de autoria do Executivo vêm causando preocupação. Nos textos dos Projetos de Lei nº 884 e 898/2019 que tramitam em regime de urgência na Assembleia Legislativa, o Governo do Paraná pretende alterar a legislação no que diz respeito à criação de novos cargos e estabelece novas regras para ocupação de funções específicas da Polícia Militar do Paraná.

De acordo com as propostas, oficiais passarão a ter direito a exercer postos de outras categorias, sem mais cumprir a exigência de serem coronéis. Porém, não são apresentados estudos de impacto financeiro diante das mudanças sugeridas e afirma, superficialmente, que vai gerar uma economia de aproximadamente R$ 3 mil por ano.

Para o Deputado Estadual Requião Filho, isto é uma vergonha, pois além do valor ser irrisório, não existe qualquer comprovação de controle de gastos nos projetos apresentados.

“Muito pelo contrário! O impacto financeiro para o Estado pode chegar a no mínimo 2,5 milhões por ano, se esta lei for aprovada. Justo num momento em que o Governador insiste em negar o aumento pedido pelos policiais, alegando falta de dinheiro”, pontuou o parlamentar.

“Nossos policiais são pessoas de coragem, que se arriscam para garantir a segurança de todos, merecem ser respeitados! Nossa crítica, portanto, está unicamente ligada ao fato de criarem um impacto financeiro sem enviar os estudos necessários, desrespeitando mais uma vez a ALEP”.

Nenhum comentário