[Fechar]

Últimas notícias

Prefeito de Jataizinho e mais seis pessoas são denunciados pelo MP-PR por superfaturar nota de conserto de carro em mais de 320%


O prefeito de Jataizinho, no norte do Paraná, Dirceu Urbano Pereira (PSC), dois servidores municipais e mais quatro empresários foram denunciados pelo Ministério Público do Paraná (MP-PR) por subtrair dinheiro da prefeitura através do superfaturamento de notas.

O caso aconteceu em abril do ano passado, e os acusados pagaram R$ 6.145 para um conserto de um veículo da prefeitura que teve um custo real de R$ 1.875, de acordo com as investigações.

O esquema, ainda de acordo com o MP-PR, era realizado através de notas fiscais “frias” emitidas pelos proprietários de uma empresa que acobertaram o pagamento pelo conserto.

Operação Dejá Vù

O esquema foi descoberto pela Operação Dejá Vù. A ação, segundo o coordenador do Gaeco, Leoni Batisti, foi deflagrada para investigar fraudes em licitações municipais na prefeitura de São Jerônimo da Serra, na região norte, mas acabou revelando o esquema em Jataizinho.

"Quando nós estávamos fazendo aquelas investigações, particularmente, pelo fato de a mesma empresa que cometia ilícitos em São Jerônimo, apareceu em uma nova situação em outros municípios", detalhou.

Segundo o Grupo de Atuação Especial de Combate ao Crime Organizado (Gaeco), as peças do carro foram adquiridas em um ferro-velho, e o serviço foi executado por um mecânico contratado de maneira informal.

"Quando o servidor chefe do setor de obras soube do problema no veículo, passou a combinar com o empresário o desvio para benefício de todos, tendo o prefeito tido conhecimento e consentido com a situação", afirmaram os promotores.

FONTE – G1 PR



Nenhum comentário