[Fechar]

Advertisement

Últimas notícias

Mais 100 colégios estaduais retomam atividades presenciais no Paraná


 

A Secretaria Estadual de Educação continua o plano de retomada das atividades escolares de forma presencial para alguns alunos nesta segunda-feira (7). A previsão é de que mais 100 colégios estaduais, sendo 23 na região de Curitiba, retornem com as aulas presenciais.

 

O governo não divulgou os nomes dos colégios, mas disse que a comunicação sobre o retorno para os pais e professores foi realizada pelas direções das escolas e pelos Núcleos Regionais de Educação por meio de telefone ou indo até as casas dos alunos.

A rede estadual de ensino do Paraná tem 2,1 mil escolas e mais de 1 milhão de alunos. A maior parte destes estudantes está com aulas remotas desde março de 2020, por causa da pandemia.

 

O retorno das atividades presenciais é facultativo, ou seja, os pais e responsáveis pelos alunos podem escolher se enviarão os estudantes para escolas ou se irão mantê-los no ensino remoto.

 

No início de maio, depois de mais de um ano, cerca de 200 escolas retomaram as atividades com parte dos alunos em casa e outra nos colégios.

 

Já em 24 de maio, mais 600 escolas estaduais espalhadas por 200 cidades paranaenses retomaram as atividades presenciais. Ao todo, 40 mil alunos voltaram a frequentar as salas de aula.

 

Protocolos

 

O modelo híbrido prevê que parte das aulas aconteçam presencialmente e outra parte pela internet. Segundo o governo, as salas de aula onde o modelo híbrido for realizado estarão equipadas com acesso à internet e computador.

De acordo com a Secretaria Estadual da Saúde (Sesa), também serão seguidos os seguintes protocolos:

·         Distanciamento de 1,5 metro entre os alunos;

·         Disponibilização de álcool em gel para estudantes e funcionários das escolas;

·         Uso obrigatório de máscara dentro do colégio;

·         Aferição de temperatura na entrada das escolas;

·         Termo de autorização assinado pelo responsável legal.

·          

Segundo a secretaria de Educação, os alunos que não têm estrutura de internet para acompanhar as aulas pela internet de casa serão priorizados para as atividades presenciais.

 

FONTE – G1 PR

Nenhum comentário

UA-102978914-2