[Fechar]

Advertisement

Últimas notícias

PF cumpre 3 mandados de busca em operação que apura fraude eleitoral envolvendo vereador de Pinhais


 

A Polícia Federal (PF) deflagrou, na manhã desta terça-feira (1º), uma operação para continuar investigações sobre possíveis crimes de falsidade eleitoral, alistamento fraudulento e corrupção eleitoral em Pinhais, na Região Metropolitana de Curitiba (RMC).

 

Segundo a PF, as investigações são desdobramento, mas têm um alvo diferente da primeira ação, deflagrada em outubro de 2020.

 

Três mandados de busca e apreensão estão sendo cumpridos. Os focos são as casas de dois irmãos e um gabinete de um vereador em Pinhais.

 

O nome do vereador investigado não foi divulgado pela PF.

 

O crime

 

Segundo a PF, o juiz da 188ª Zona Eleitoral de Pinhais detectou 51 transferências de domicílio eleitoral com comprovantes de endereço falsificados.

 

Conforme a PF, foi possível vincular as transferências a dois moradores de Curitiba. De acordo com as investigações, estes homens foram contratados pelo irmão do então candidato a vereador em Pinhais para buscarem eleitores que moravam na capital.

 

Para que as pessoas transferissem os títulos para Pinhais, a promessa era de dinheiro. Caso votassem nas eleições de 2020, as pessoas ainda receberiam mais, segundo as investigações da PF.

 

Apuração

 

A Polícia Federal descobriu que, ao saber das investigações, o irmão do candidato contratou advogada para os contratados para que fossem protegidos e dessem informações falsas.

 

O objetivo das buscas, nesta terça-feira, é o de encontrar indícios da responsabilidade criminal dos suspeitos. A polícia também quer identificar outros eleitores que participaram do mesmo esquema.

 

FONTE – G1 PR

Nenhum comentário

UA-102978914-2