[Fechar]

Advertisement

Últimas notícias

Terceira via presidencial ganha força em debates promovidos pela sociedade civil


 Eventos em Curitiba e São Paulo vão discutir uma alternativa nas eleições de 2022, que tenha um projeto de país e pelo país


Integrantes de movimentos que reúnem representantes de diversos segmentos sociais de todo Brasil acabam de dar o 'start' nos preparativos de um grande evento para debater nomes, em uma clara alternativa para o cargo de Presidente da República nas eleições de outubro de 2022. É a terceira via tão esperada pela Sociedade Civil e partidos políticos. 

Os organizadores já se encontram debruçados sobre uma lista dos prováveis convidados para o ato, que será híbrido e público presencial restrito. A reunião deve ser realizada no decorrer de outubro, prazo e período que marcarão um ano para as eleições de dois turnos.

Coincidentemente, outubro será o mês em que Sergio Moro decidirá se vai disputar ou não as eleições do ano que vem. Estamos em negociações para realizar um evento semelhante em São Paulo, mas o "ponta pé" inicial ocorrerá em Curitiba e para tanto, as lideranças já estão preparando um check list com todos os itens necessários à realização.

Envolvimento
Participam desta  mobilização grupos de Empresários, Médicos e Movimentos da Sociedade Civil que já manifestaram publicamente a preferência pelo nome do ex-juiz Sergio Moro para ser a  Terceira Via nas próximas eleições.

A iniciativa,  já contou com lançamento de banners pela internet, adesivos para veículos e outdoors espalhados por cidades pólos do país e agora busca a adesão de outros  movimentos,  grupos e segmentos sociais ligados ao esporte, segurança pública, direito, meio ambiente, educação, Classe Artística e Cultural, entre outros.

Um dos itens essenciais para tornar o debate muito democrático e viável nesse momento, além de buscar  patrocinadores e apoiadores, que contribuirão com os custos do evento, é abrir para a comunidade Brasileira que vive no exterior e dar oportunidade de sua opinião e participação.

POR RONI PIMENTEL

Nenhum comentário

UA-102978914-2