[Fechar]

Advertisement

Últimas notícias

Chefe do núcleo é exonerada; caso de FUNCIONÁRIA FANTASMA é investigado pelo MP em Cornélio Procópio


 Na sexta-feira (20) a público, por meio de uma entrevista concedida para uma Rádio Cornélio Procópio, a existência de uma funcionária fantasma lotada no Núcleo Regional de Cornélio Procópio. O caso já foi comprovado pelo Ministério Público e inclusive com uma apreensão do livro ponto, onde havia uma assinatura da funcionária, esta porém jamais foi vista no setor.

Segundo o promotor, Erinton Dalmaso, chefe do Núcleo Regional de Educação, Ana Paula Tavella Machado dos Santos, que acabou sendo exonerada do cargo durante uma semana, dificultou ao máximo a ação do MP no setor, se recusando a falar com ele. Tentei ouvi-la como testemunha porém, esta invocou seu advogado e não quis se manifestar de forma nenhuma ” Explicou Erinton.

A antigo chefe responde por mais duas denúncias anteriormente reportada no Blog; desvio de merenda escolar para uma instituição religiosa de Bandeirantes, eo uso irregular do veículo público fora do horário do expediente.

A terceira denúncia, (funcionária fantasma) veio como uma bomba para o público, polemizando ainda mais a situação do Núcleo e levantando suspeita sobre quem, além do chefe exonerada, seria suspeito de estar por trás das irregularidades investigadas no núcleo.

Segundo a matéria da RC, o promotor acabou confirmando que a funcionária, que não teve o nome revelado na matéria, nunca bateu ponto e nem apresentou qualquer relatório de trabalho, porém percebia seus vencimentos.

 “ Há fortes indícios de se tratar de uma funcionária fantasma ” - disse o promotor.

O MP verificou ainda que, um cidadão estranho e desconhecido esteve no Núcleo Regional de Educação para pegar documentos em branco para preencher e que a funcionária assinasse os pontos de presença no trabalho; como se tivesse trabalhado todos os dias, cumprindo a carga horária.

Com a informação confirmada, o Ministério Público Estadual, acabou apreendendo documentos que comprovam uma denúncia.

 “Como cidadão brasileiro; a gente se incomoda de ver tantas coisas acontecendo num mesmo lugar. Fico extremamente chateado e triste com a situação. Mas como promotor vou sempre fazer o meu trabalho ”- finaliza o representante do Ministério Público do Paraná em Cornélio Procópio.

Uma entrevista com o Promotor Erinton Dalmaso, da Vara de Proteção e Defesa do Patrimônio Público, foi ao ar na última sexta-feira (20), via telefone, por volta das 18h30 no programa de Bruno Magalhães, com a repórter Daniani Souza - Rádio Cornélio Procópio FM 

FONTE - BLOG DO ODAIR MATIAS

Nenhum comentário

UA-102978914-2