[Fechar]

Advertisement

Últimas notícias

MOTORISTA DO SAMU É DEMITIDO APÓS SE ENVOLVER EM ACIDENTE QUANDO SE DESLOCAVA PARA ATENDER OCORRÊNCIA DE CRIANÇA VITIMA DE OBSTRUÇÃO DAS VIAS AÉREAS


 Um motorista do Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (SAMU) foi demitido por justa causa, na manhã de hoje (07), na cidade de Telêmaco Borba, após estrar na contramão e bater em um carro.

ENTENDA A HISTÓRIA - O condutor/socorrista conduzia a ambulância médica do SAMU, a qual é de responsabilidade da Ecco Salva, em deslocamento para uma ocorrência onde uma criança teria se afogado e estava em Parada Cardiorrespiratória (PCR).
Chegando a aproximadamente 300 metros do local havendo trânsito que evitava a passagem do veículo, o condutor resolveu se deslocar pela contramão, assim ganhando tempo para salvar a vítima, quando um carro terminou fechando a viatura. “Era uma ocorrência grave de uma criança em PCR, e para não perder tempo optei por ir à contramão”, disse o socorrista. O fato ocorreu no dia 03 deste mês. Após a batida, Rafael realizou os primeiros atendimentos para a motorista do carro.
O médico com o enfermeiro seguiu a pé até a criança afogada, sendo salva pelos profissionais, que chegaram em 4 minutos, e foi encaminhada ao hospital. Hoje (07), o condutor foi para trabalhar e recebeu a visita de um responsável pela empresa o qual lhe deu um papel com uma justa causa, alegando que teria sido imprudente.
Segundo o artigo 222 do Código de Trânsito Brasileiro, ambulâncias em prioridade têm liberdade para deslocamento e parada, em locais que seriam proibidos para condutores de veículos normais.
Confira: … 2ª é a liberdade de deslocamento e imobilização (ou seja, podem circular, parar e estacionar onde a regra seria a proibição, como avançar o sinal vermelho do semáforo, exceder o limite de velocidade, transitar na contramão, estacionar na esquina ou sobre o passeio etc).
Informações: MZ Notícias
LONDRINA NEWS

Nenhum comentário

UA-102978914-2