Requião Filho defende que Richa seja investigado pela Lava Jato



(Curitiba, 28/3/16) – O deputado Requião Filho (PMDB), líder da oposição, defendeu hoje (28) na Assembleia Legislativa que o governador Beto Richa (PSDB) seja investigado pela Operação Lava Jato.

O nome do governador aparece entre os mais de 200 políticos que receberam repasses da construtora Odebrecht. Segundo as planilhas apreendidas na casa do executivo da construtora, Benedicto Barbosa Junior, durante a 23ª fase da Lava Jato, Richa teria recebido da Odebrecht R$ 200 mil no dia 24 de setembro de 2010.

“A lista das suspeitas da origem do dinheiro para o caixa dois da campanha do governador só aumenta. Ele é investigado pelo STF, pelas delações da Operação Publicano, nas investigações da Operação Quadro Negro e agora aparece na lista de pixulecos da Odebrecht. Queremos a investigação de tudo isso”, cobrou.

Uso indevido da PGE –  O deputado também criticou o governador por utilizar a Procuradoria-Geral do Estado (PGE), órgão responsável pela representação judicial e consultoria jurídica do Paraná, para interesses privados.

Na semana passada, a PGE ingressou com uma ação na Justiça pedindo a anulação do acordo de delação premiada do auditor fiscal Luiz Antônio de Souza. Na delação, o auditor implica Beto Richa no esquema de corrupção na Receita Estadual, que causou prejuízos de quase R$ 1 bilhão aos cofres públicos. Segundo Souza, parte do dinheiro desviado no esquema abasteceu a campanha eleitoral do governador em 2014.

Para Requião Filho, o governador desvirtua as atribuições originais da PGE ao colocar o órgão para advogar pessoalmente para ele. “Se as investigações da Operação Publicano estão sendo feitas baseadas nas delações premiadas, porque anulá-las? Estaria a Procuradoria Geral do Estado perdendo a sua finalidade de defender o interesse público e estaria passando a advogar pessoalmente ao governador Beto Richa?”, questionou.

Viaturas paradas – Requião Filho comentou sobre o estudo divulgado pelo deputado Mauro Moraes (PSDB), que aponta que 40% das viaturas da Polícia Militar do estado estão paradas, esperando conserto em oficinas. Segundo o deputado do PMDB, a PM do Paraná está abandonada e esquecida.

“Grande parte das viaturas da Polícia Militar estão encostadas, aguardando manutenção, sem condições de utilização. Entendo que o governador não goste muito de oficinas, afinal foi onde começou as primeiras investigações, nas licitações de oficinas para consertar viaturas por intermédio do primo distante, Luiz Abi. Deve ser por isso que as oficinas estejam sem receber e as viaturas da polícia paradas”, decretou.

Foto: Pedro Oliveira/Alep

Link do discurso: https://www.youtube.com/watch?v=cYf02uHn4qQ

Assessoria da Liderança de Oposição
Renato Sordi (41) 9216-7555 (41) 3050-4193
liderancadaoposicao.wordpress.com
oposicaoalep@gmail.com



--
Milton Junior
Assessor Dep.Requião Filho
41 3350 4295 - 9977 6086
Face: requiao.filho
Twitter: @mrequiaofilho

Requião Filho defende que Richa seja investigado pela Lava Jato Requião Filho defende que Richa seja investigado pela Lava Jato Revisado por Blog do Chaguinhas on 06:29:00 Rating: 5

Anúncios