FUTEBOL - TÉCNICO CLAUDIO TENCATI QUER PELO MENOS SETE REFERÇOS



Tencati quer pelo menos sete reforços para qualificar o elenco, que disputa a segunda divisão do Campeonato Brasileiro a partir de maio

Marcos Zanutto/30-03-2016
Treinador improvisou lateral direito nas finais do Estadual e tem apenas um atacante que atua nos lados do campo

Com a desclassificação no Campeonato Paranaense, o Londrina terá exatos 31 dias para se preparar exclusivamente para o início da Série B do Campeonato Brasileiro. Tempo suficiente para que a diretoria e a comissão técnica analisem o atual elenco, com suas qualidades e carências, e busquem os reforços necessários para qualificar o grupo de jogadores.
Em uma competição onde o LEC vai disputar 38 jogos, intercalados com viagens longas e desgastantes, o técnico Claudio Tencati sabe que o atual plantel é reduzido e, por isso, espera a chegada de pelo menos sete reforços. "Está muito claro que preciso de dois laterais direito, um zagueiro, um segundo volante e três atacantes de beirada", revelou o treinador.
A carência na lateral ficou evidente já que o volante Bidía teve que atuar improvisado na posição nos dois confrontos decisivos contra o Atlético Paranaense. Em relação aos atacantes de velocidade, que atuam pelos lados do campo, a única opção é Paulinho Moccelin. Já para a posição de centroavante, o treinador tem a disposição Bruno Batata, Keirrison, Itamar, além dos pratas da casa Wellisson e Quirino.
"Temos que aumentar a qualidade para ter opções. Preciso de uma equipe mais homogênea na mão para ter uma sequência boa. Alguns setores ficaram muito aquém do esperado no Estadual", frisou Tencati. "A maioria dos jogos na Série B terá a intensidade enfrentada contra o Atlético. Por isso, precisamos de um time mais competitivo", acrescentou.
Antes de estrear na competição nacional, o Londrina terá dois jogos para decidir o título do interior, que não tem peso e serve mais para testar o elenco antes da estreia no campeonato nacional. Mas, a definição do adversário só irá acontecer após a fase semifinal, programada para os dois próximos fins de semana. Se o PSTC for eliminado pelo Coritiba, ele disputa com o LEC o título simbólico, com a primeira partida em Londrina e a volta em Cornélio Procópio.
Em caso de classificação do PSTC para a final, o adversário do alviceleste será o Foz do Iguaçu, que terminou em sétimo lugar. Neste caso, a decisão aconteceria no VGD. "Vamos usar esta final para melhorar alguns aspectos individuais e coletivos e manter uma espinha do time. Mas, não acho que será a equipe para a estreia na Série B", analisou o comandante do LEC.

FONTE - FOLHA DE LONDRINA
APROVEITAMENTO
Sem vencer o Atlético nos dois jogos das quartas de final, o Londrina terminou a campanha no Estadual com seis vitórias, quatro empates e três derrotas, somando 16 pontos na competição, o que representa 41% de aproveitamento. Os seis pontos perdidos por causa da escalão irregular de Germano, na primeira rodada, prejudicou a campanha. Se tivesse 22 pontos, o índice de aproveitamento subiria para 56%.

Lucio Flávio Cruz
Reportagem Local

FUTEBOL - TÉCNICO CLAUDIO TENCATI QUER PELO MENOS SETE REFERÇOS FUTEBOL - TÉCNICO CLAUDIO TENCATI QUER PELO MENOS SETE REFERÇOS Revisado por Blog do Chaguinhas on 08:09:00 Rating: 5

Nenhum comentário:

Anúncios