Paraná tem 52 municípios em epidemia de dengue




Boletim aponta que 293 das 399 cidades do Estado registraram ao menos um caso da doença desde agosto de 2015

Nelson Almeida/AFP
Pesquisador mostra exemplares de Aedes aegypti: mosquito transmite dengue, zika e chikungunya

Oito municípios entraram na lista de situação epidêmica de dengue na última semana no Estado. De acordo com o novo boletim epidemiológico das doenças transmitidas pelo Aedes aegypti, divulgado ontem pela Secretaria de Estado da Saúde (Sesa), agora são 52 municípios com 300 ou mais casos por 100 mil habitantes.
Dos ingressantes no último boletim, dois são da Região Metropolitana de Londrina: Florestópolis e Sertanópolis. A Região Metropolitana de Maringá, com Iguaraçu e Paiçandu; e o Oeste, com Matelândia e Missal, também tiveram dois municípios acrescidos à situação de epidemia. Completam a lista Pérola, no Noroeste, e Antonina, no Litoral.
Com a inclusão de Florestópolis e Sertanópolis, que têm taxas de incidência de dengue de 383,76 e 525,25 casos por 100 mil habitantes, respectivamente, a 17ª Regional de Saúde, com sede em Londrina, passa a ter dez dos 21 municípios de abrangência em situação epidêmica. A incidência da 17ª Regional é a terceira maior do Estado, atrás apenas das regionais de Paranaguá e de Foz do Iguaçu, que superam 1,2 mil casos por 100 mil habitantes.
A chefe da 17ª Regional de Saúde, Teresinha Sanchez, informou que Florestópolis e Sertanópolis tiveram ações de combate e prevenção intensificadas na última semana. Segundo ela, mutirões de limpeza organizados no sábado nas duas cidades tiveram bons resultados. "A população participou em peso e consideramos que as ações foram bastante eficazes. Estamos atentos, acompanhando o dia a dia nos municípios em epidemia e em situação de alerta."
Segundo Terezinha, a maior preocupação no momento é com Londrina, que chegou aos 2.757 casos confirmados de dengue, e com os municípios prestes a entrar em situação de epidemia. "Londrina sempre nos preocupa pelo porte da cidade, o que torna o controle mais difícil. Já cidades como Alvorada do Sul e Primeiro de Maio têm chamado a atenção e podem entrar em epidemia nos próximos boletins. Todas essas cidades têm atenção especial no nosso planejamento de ações", garantiu.
O novo boletim apontou 24.393 casos confirmados de dengue no Estado, 2.938 a mais do que na última semana. Dos 399 municípios do Estado, 73% apresentam casos confirmados da doença – 293 municípios nas 22 regionais de Saúde do Paraná. Nenhuma morte foi confirmada na última semana, o que manteve em 34 o número de óbitos no atual ciclo epidemiológico, iniciado em agosto do ano passado. "Verificando a série histórica, os casos de dengue seguem aumentando durante o mês de abril. É provável que ainda não tenhamos atingido o pico da epidemia neste período. Por isso, a mobilização não pode parar", afirma a superintendente de Vigilância em Saúde da Sesa, Cleide de Oliveira.
Os casos de chikungunya passaram de 46 para 49 em uma semana. Desses, apenas cinco casos são autóctones - contraídos dentro do município de residência. Os casos de zika passaram de 223 para 245, com 90 casos importados – confirmados em pessoas que foram contaminadas durante período de viagem de até 15 dias que antecederam o início dos sintomas da doença.

Celso Felizardo
Reportagem Local/FOLHA DE LONDRINA
Paraná tem 52 municípios em epidemia de dengue Paraná tem 52 municípios em epidemia de dengue Revisado por Blog do Chaguinhas on 07:55:00 Rating: 5

Nenhum comentário:

Anúncios