Tubarão joga por vantagem no mata-mata



Vitória no VGD neste domingo deixa Tubarão a um empate da classificação; jogo de volta será na Arena da Baixada

Anderson Coelho
"Precisa ter atenção para conquistar um resultado positivo e levar a vantagem para Curitiba", afirmou o capitão Germano

O Londrina sabe que abrir uma vantagem no primeiro confronto contra o Atlético Paranaense será fundamental para buscar uma vaga na semifinal do Campeonato Paranaense. Alvicelestes e rubro-negros se enfrentam hoje a partir das 16h, no Vitorino Gonçalves Dias (VGD), na partida de ida das quartas de final do Estadual.
O LEC aposta no bom momento vivido pelo time – são três vitórias e dois empates nos últimos cinco jogos – e na força da equipe como mandante. O aproveitamento é de 88% em casa, com cinco vitórias e um empate, justamente contra o Atlético por 1 a 1, no dia 6 de março.
"Temos que fazer valer o nosso mando, buscar uma vitória e criar uma vantagem para a volta. Os 90 minutos iniciais da disputa serão importantes para dar uma tranquilidade para a segunda partida", avaliou o técnico Claudio Tencati.
O treinador ressaltou, porém, a força do adversário e afirmou que a disputa é muito equilibrado e nada ficará decidido neste primeiro confronto. "O duelo se tornou um clássico e não há favorito", apontou.
Londrina e Atlético voltam a disputar um mata-mata depois de dois anos. Em 2014, o LEC levou a melhor e se classificou para a decisão. Mesmo com um time sub-23, o rubro-negro ganhou a primeira partida por 3 a 1, mas o Tubarão deu o troco e com três gols do atacante Artur goleou por 4 a 1 e se classificou. Nos últimos quatro confrontos eliminatórias entre as equipes, são duas classificações para cada lado.
Sem problemas de suspensão e contusão, o Londrina terá a mesma formação que passou pelo J. Malucelli na última rodada. Bidía segue como titular na lateral-direita e Rafael Gava permanece no meio ao lado de Zé Rafael. Já recuperado, Netinho ficará como opção no banco de reservas.
"Um dos segredos do Londrina é não fazer nada diferente do que aquilo que vem fazendo, principalmente em um jogo decisivo. Não podemos ir para cima de qualquer jeito, temos que manter nossa postura e estilo de jogo. Precisa ter atenção para conquistar um resultado positivo e levar a vantagem para a capital", apontou o capitão Germano.
O Atlético chega para esta primeira partida decisiva com a volta de três jogadores importantes que estavam suspensos: o lateral-direito Eduardo, o meia Vinícius e o centroavante André Lima. Desde a chegada do técnico Paulo Autuori, o Furacão melhorou de produção, garantiu a vaga entre os quatro primeiros do Paranaense e na final da Primeira Liga, após eliminar o Flamengo. "A estrutura da equipe será basicamente a mesma, não vou mudar. Quero uma equipe que esteja em movimento o tempo todo. A equipe não pode, de maneira nenhuma, mudar aquilo que quer fazer em função de adversário, do local onde joga ou de circunstâncias", comentou Autuori, ao site oficial do clube.

Ficha Técnica

Londrina: Marcelo; Bidía, Luizão, Silvio e Paulinho. Diogo Roque, Germano, Rafael Gava e Zé Rafael. Bruno Batata e Paulinho Moccelin. Técnico: Claudio Tencati

Atlético: Weverton; Eduardo, Thiago Heleno, Paulo André e Pará. Otávio, Jadson (Deivid) e Hernani (Vinícius). Marcos Guilherme, Pablo e Walter. Técnico: Paulo Autuori

Árbitro: José Mendonça da Silva Jr
Estádio: VGD
Horário: 16h
Lucio Flávio Cruz
Reportagem Local/folha de londrina
Tubarão joga por vantagem no mata-mata Tubarão joga por vantagem no mata-mata Revisado por Blog do Chaguinhas on 06:18:00 Rating: 5

Anúncios