FUTEBOL - Empate à luz de velas





Em mais uma noite com problemas nos refletores, Londrina volta ligado no segundo tempo após apagão da defesa na primeira etapa

Marcos Zanutto
Keirrison também correu atrás para se recuperar após pênalti perdido

O Londrina voltou a tropeçar na Série B jogando no Estádio do Café ao ficar no 1 a 1, ontem à noite, contra o Paraná Clube. Em três partidas como mandante, o alviceleste acumula apenas uma vitória, um empate e uma derrota. Pior do que o resultado foi o novo apagão no sistema de iluminação do estádio. O terceiro seguido e, que certamente, vai gerar nova denúncia contra o LEC (ver box).
A primeira queda de energia foi na entrada dos jogadores, o que atrasou em cinco minutos o início da partida. Após seis minutos de bola rolando, novo apagão e a partida só foi reiniciada após 14 minutos. A paralisação foi prejudicial ao Paraná, que teve que fazer duas alterações. O goleiro Marcos e o lateral Rafael Carioca saíram machucados.
O Londrina tentou imprimir uma pressão e quase chegou ao gol após um cruzamento que o zagueiro paranista Pitty cabeceou na trave e por pouco não marcou contra. Porém, aos 32 minutos, o Tricolor aproveitaria um dos muitos erros da defesa do Londrina para abrir o placar. Sempre seguro, o sistema defensivo do alviceleste esteve irreconhecível.
Silvio e Raí Ramos não se entenderam e o atacante Robson invadiu a área, driblou o goleiro Marcelo e tocou para o fundo das redes. O Tricolor ainda acertaria a trave em um chute forte de Murilo. O LEC foi para o abafa nos últimos dez minutos e o técnico Claudio Tencati tirou o volante Diogo Roque para a entrada de Paulinho Moccelin.
Apoiado pela torcida, o Tubarão poderia ter empatado já aos 40 segundos da etapa complementar. Moccelin perdeu gol feito. A pressão permanecia. Aos sete minutos, Jô foi lançado na área e foi derrubado pelo goleiro Wendell. Keirrison bateu mal e o paranista defendeu.
O time não se abateu e chegou ao empate aos 17. O K99 se redimiu ao aproveitar um bate-rebate dentro da área, após escanteio cobrado por Netinho, que entrou no segundo tempo. Quarto gol dele, o terceiro seguido, em cinco jogos. Keirrison já é o artilheiro do alviceleste na temporada, ao lado de Zé Rafael.
O jogo ficou aberto e com chances para os dois lados. No fim, Marcelo salvou o Londrina da derrota com duas defesas milagrosas nos pés de Robson e Diego Tavares.
O Londrina sobe para seis pontos e não consegue deslanchar no Brasileiro e volta a jogar no Café no sábado, às 16h, contra o Tupi. O Paraná tem agora oito pontos e enfrenta o Vila Nova, sexta-feira, no Serra Dourada.

Em Londrina

Londrina 1x1 Paraná Clube

Londrina: Marcelo Rangel; Raí Ramos, Silvio, Matheus e Léo. Diogo Roque (Paulinho Moccelin) Germano, Rafael Gava e Zé Rafael (Netinho); Jô (Bruno Batata) e Keirrison. Técnico: Claudio Tencati

Paraná Clube: Marcos (Wendell); Leandro Silva, Pitty, João Paulo e Rafael Carioca (Fernandes); Lucas Otávio, Uchôa, Diego Tavares e Murilo Rangel; Robson e Lúcio Flávio. Técnico: Claudinei Oliveira

Gols: Robson aos 16 minutos do primeiro tempo e Keirrison aos 17 minutos do segundo tempo

Público: 1.873 pagantes (2.412 total)

Renda: R$ 27.945,00

Árbitro: Alisson Sidnei Furtado (TO)

Local: Estádio do Café
Lucio Flávio Cruz
Reportagem local/folha de londrina
FUTEBOL - Empate à luz de velas FUTEBOL - Empate à luz de velas Revisado por Blog do Chaguinhas on 08:43:00 Rating: 5

Nenhum comentário:

Anúncios