Pesca era paixão deles, diz primo de irmãos que morreram afogados



Sérgio e Paulo Zota foram encontrados de mãos dadas, segundo bombeiros (Foto: Reprodução/TV TEM)
Os dois irmãos que morreram afogados em um córrego de Araçatuba (SP) no último domingo (28), sempre foram unidos e tinham a pescaria como uma das paixões. Segundo o primo das vítimas, o comerciante Vanderlei Vilera Lourenço, 51 anos, os irmãos Sérgio Hideki Zota, 46 anos, e Paulo Massayuki Zota, 51 anos, sempre pescavam juntos no mesmo trecho do córrego onde foram encontrados mortos. “Eles eram unidos, sempre foi um pelo outro, um ajudando o outro. A pesca sempre foi à paixão dos meus primos”, diz Vanderlei.
Em entrevista ao G1 na manhã desta quinta-feira (1º), Vanderlei disse que no dia do acidente com os primos, ele chegou a ser convidado para a pescaria, mas tinha marcado de se encontrar com amigos em um córrego próximo do local do afogamento. “No dia do acidente eu tinha ido pescar em outro local, cerca de cinco quilômetros de onde eles estavam. Jamais pensei que exatamente neste dia essa tragédia iria acontecer”, diz o primo.

Os irmãos tinham o hábito de pescar no córrego Jacaré e sabiam da existência de um buraco com profundidade média de 1.70 metro dentro d’água. Segundo Vanderlei, os irmãos entravam no rio e permaneciam com a água pela cintura.
Segundo Vanderlei, se estivesse junto com os primos teria salvo a vida deles “Eu e o Sérgio sempre pescávamos um do lado do outro, o Paulo já gostava de pescar um pouco mais a frente no rio. Tenho conhecimento em natação, sei nadar e se estivesse junto eu teria evitado a morte dos meus primos”, afirma Vanderlei.
“Sempre pescamos no mesmo local. Tínhamos o conhecimento do buraco no rio, mas sempre pescámos em volta dele. Acredito que eles estavam em volta do buraco pescando e provavelmente um se desequilibrou e o outro foi tentar ajudar”, diz o comerciante. A mãe das vítimas, de 78 anos, que morava apenas com as vítimas, agora está recebendo os cuidados de uma das netas.
Irmãos tinham o hábito de pescar no trecho onde se afogaram (Foto: Reprodução / TV TEM)Irmãos tinham o hábito de pescar no trecho onde se
afogaram (Foto: Reprodução / TV TEM)
Entenda o caso
Devido à demora dos irmãos em voltar para a casa após a pescaria, os familiares acionaram o Corpo de Bombeiros, no domingo (28) que encontraram os corpos das vítimas a cerca de cinco metros da margem do córrego Jacaré.
Segundo o boletim de ocorrência, as vítimas estavam abraçadas quando foram localizadas pelos mergulhadores.
Os bombeiros disseram que só conseguiram chegar até o local exato onde estavam os corpos porque encontraram o carro deles estacionado na estrada. O veículo estava com as chaves no contato.
FONTE - GLOBO.COM
Pesca era paixão deles, diz primo de irmãos que morreram afogados Pesca era paixão deles, diz primo de irmãos que morreram afogados Revisado por Blog do Chaguinhas on 06:16:00 Rating: 5

Nenhum comentário:

Anúncios