TUBARÃO - Ousadia e alegria



Apesar da dúvida de Tencati, K99 deve seguir no time, que tem em Zé Rafael seu jogador de referência atualmente


O Londrina ocupa apenas duas posições abaixo do Vasco na tabela de classificação da Série B. A diferença de três pontos confirma o equilíbrio da competição e a regularidade alviceleste comprova que é possível encarar de igual para igual qualquer adversário. É com este pensamento que o LEC enfrenta o cruzmaltino neste sábado (8), às 18h30, na Arena da Amazônia, em Manaus.
O confronto coloca frente a frente duas equipes em situações opostas. O Tubarão vem de três vitórias e vive seu melhor momento técnico, enquanto que os cariocas perderam os dois últimos jogos e, depois de 28 rodadas, saíram da liderança. O LEC é o quarto, com 48 pontos, e o Vasco o segundo, com 51.
De um lado a tranquilidade de quem já alcançou seu principal objetivo no ano e do outro a cobrança e a pressão por um título que é obrigação. "Não necessitamos jogar mais de forma receosa porque não temos mais risco de rebaixamento. O nosso foco agora é só o acesso e por isso podemos ter um pitaco a mais de ousadia", aponta o técnico Claudio Tencati. "Não tem que ter receio em jogo nenhum e nem de enfrentar o Vasco. Temos que jogar e buscar o resultado".
Se a mudança do local da partida evitou que o Londrina jogasse em São Januário e tivesse que suportar toda a pressão natural que existe no 'alçapão' vascaíno, o LEC sabe que terá que encarar uma Arena da Amazônia lotada, já que Manaus conta com uma grande comunidade de torcedores do Vasco.
"Sabemos que será um jogo disputado, difícil e que o Vasco é uma equipe competitiva, apesar dos resultados ruins. Estamos bem preparados psicologicamente e na parte técnica para nos mantermos equilibrados para fazer um ótimo jogo e pontuar", afirma o capitão Germano.
Satisfeito com o desempenho da equipe nas últimas partidas, Tencati mantém a formação que iniciou o confronto com o Bahia. O treinador chegou a falar em dúvida em relação a Keirrison e Safira, mas deve manter o K99 no ataque. "Temos que pensar mais em nós e executar o que temos treinado. Sabemos da qualidade do Vasco, mas do nosso potencial também", frisa o atacante Jô.

VOLTA DO 10
Com apenas 12 pontos conquistados no returno, o Vasco vive seu pior momento na Série B e aposta no retorno do seu camisa 10 para reencontrar o caminho das vitórias. Nenê está suspenso e não jogou na derrota para o Paysandu. "O Nenê é um cara extraordinário com a bola nos pés, tem uma qualidade enorme e merece uma atenção especial. Ele carrega o time e dita o ritmo do jogo", ressalta o zagueiro alviceleste Everton Sena.
Outra novidade na equipe carioca é a entrada de Alan Cardoso no lugar de Júlio César, suspenso. O zagueiro Rodrigo, que já não jogou em Belém, segue afastado do elenco pela diretoria.

Em Manaus

Londrina: Marcelo; Lucas Ramon, Everton Sena, Marcondes e Léo. Germano, Anderson, Fillipe Soutto e Zé Rafael. Jô e Keirrison (Safira). Técnico: Claudio Tencati

Vasco: Martín Silva; Madson, Luan, Jomar e Alan Cardoso. Diguinho, Yago Pikachu, Andrezinho e Nenê. Thalles e Éderson. Técnico: Jorginho

Árbitro: Renan Roberto de Souza (PB)
Estádio: Arena da Amazônia, em Manaus
Horário: 18h30
Lucio Flávio Cruz
Reportagem Local/FOLHA DE LONDRINA
TUBARÃO - Ousadia e alegria TUBARÃO - Ousadia e alegria  Revisado por Blog do Chaguinhas on 08:58:00 Rating: 5

Nenhum comentário:

Anúncios