Micros e pequenas empresas representam 90% das instituições no Norte Pioneiro




O Banco Social integra as ações de apoio aos microempresários realizadas pela prefeitura de Wenceslau Braz, em parceria com o Sebrae

De acordo com Serviço Brasileiro de Apoio às Micro e Pequenas Empresas do Paraná (Sebrae/PR), as respectivas categorias empresariais representam mais de 90% das 40.374 instituições cadastradas no Norte Pioneiro. Na próxima sexta-feira (23), em Jacarezinho, um seminário com prefeitos da região promovido pela entidade irá discutir ações para melhorar o ambiente de negócios no setor.

Conforme o Sebrae/PR são 13.259 microempreendedores individuais (MEI) (com faturamento até R$ 60 mil anual) e 23.014 microempresas (com faturamento até R$ 360 mil anual). Instituições classificadas como pequenas (com faturamento anual entre R$ 360 mil e R$ 3,6 milhões) são 3.239, média ou grande (com faturamento acima de R$ 3,6 milhões anual) totalizam 860 e 1.257 produtores rurais.

Odemir Capello, consultor do Sebrae/PR, explica que o evento é dirigido para 29 prefeitos do Norte Pioneiro, além de vice-prefeitos, secretários de educação e cultura e representantes do setor de compras públicas. "Os prefeitos e suas equipes podem ser estrategistas e articuladores de ações que promovam geração de emprego e renda, inclusão social, alfabetização, desenvolvimento sustentável e melhoria dos indicadores socioeconômicos nos municípios, e para ajudá-los a elaborar um planejamento administrativo para estabelecerem alianças estratégicas é que o Sebrae está promovendo este evento em Jacarezinho", esclarece Capello acrescentando. "Os prefeitos devem valorizar as empresas de pequeno porte investindo em políticas públicas que favoreçam o ambiente de negócios para dar condições de crescimento a esses empreendedores", complementa.

Os pequenos negócios respondem por mais de um quarto do PIB (Produto Interno Bruto), e por mais de 50% da mão de obra formal, razão pela qual o Sebrae/PR propõe aos gestores públicos discussões sobre o tema para tratar de políticas de incentivo aos empreendedores. "O Sebrae acredita que é preciso incentivar e qualificar os empreendimentos de menor porte, inclusive os microempreendedores individuais. Isoladamente, uma empresa representa pouco, mas juntas elas são decisivas para a economia", avalia Capello.

PARCERIA

Para o prefeito de Wenceslau Braz, Paulo Leonar (PDT), o apoio do Sebrae/PR é fundamental para o desenvolvimento sustentável do Norte Pioneiro. "Desde o começo da nossa gestão temos firmado parcerias importantes com o Sebrae justamente por entendermos se tratar de uma entidade com grande capacidade de direcionamento. Wenceslau Braz está de portas abertas a essas parcerias, e oferece total apoio a iniciativas que tenham o objetivo do progresso regional planejado", pondera Leonar.

Atualmente, a prefeitura de Wenceslau Braz tem uma série de ações e projetos desenvolvidos em parceria com o Sebrae, destaque para o Programa Jovem Aprendiz (que oferece capacitação para a inclusão no mercado profissional a 35 jovens de 15 e 16 anos) e o Banco Social. Além disso, o órgão e o município estudam a implantação de uma agência local do Sebrae.

O seminário em Jacarezinho também contará com a presença do ex-prefeito de Maringá, Silvio Barros, que irá compartilhar sua experiência como administrador municipal. O evento acontece na sexta-feira (23), das 8h30 às 12h30, na rua Coronel Figueiredo, nº 749, na sede do Sebrae/PR.

DESENVOLVIMENTO TERRITORIAL 

Durante o seminário com os prefeitos na sexta-feira, em Jacarezinho, será lançado o Fórum Territorial do Norte Pioneiro composto pelo Sebrae/PR, secretários de desenvolvimento econômico e lideranças locais. Pela iniciativa, o poder público terá acesso aos programas do Sebrae/PR voltados para o desenvolvimento dos municípios. Lideranças políticas no âmbito estadual, representantes de entidades de fomento e crédito e de associações comerciais e empresariais no Norte Pioneiro também foram convidadas a compor o Fórum. "O Sebrae trabalha pela criação de um ambiente melhor às pequenas empresas, fomentando para que haja práticas de empreendedorismo nos municípios por meio de políticas públicas, educação empreendedora nas escolas, Salas do Empreendedor, simplificação e desburocratização, facilidade de acesso a crédito, incentivos à inovação e tecnologia e aumento das compras públicas de fornecedores locais", assinala Capello.

A Lei Geral da Micro e Pequena Empresa também será discutida no evento. Em vigor desde 2006, a legislação melhorou o ambiente e a realidade dos pequenos negócios ao reduzir impostos e a burocracia na abertura e baixa de empresas, fomentando oportunidades e canais de acesso à inovação, tecnologia e novos mercados.
Luiz Guilherme Bannwart
Reportagem Local - FOLHA DE LONDRINA
Micros e pequenas empresas representam 90% das instituições no Norte Pioneiro Micros e pequenas empresas representam 90% das instituições no Norte Pioneiro  Revisado por Blog do Chaguinhas on 08:49:00 Rating: 5

Nenhum comentário:

Anúncios