Últimas notícias

Policiais militares e agente penitenciário são presos em Cascavel

Cinco pessoas foram presas em Cascavel, no Oeste do Paraná, após serem flagradas escoltando um veículo com mercadorias contrabandeadas. Entre os detidos estão dois policiais militares e um agente penitenciário. A abordagem ocorreu na BR-163, na madrugada do último sábado (24). Policiais do 5º Comando Regional da PM e do Batalhão de Choque participaram da operação. Um dos policiais presos e o agente penitenciário atuavam em Londrina.

De acordo com a assessoria da Sesp (Secretaria de Estado da Segurança Pública e Administração Penitenciária do Paraná), os produtos eletrônicos transportados foram avaliados em R$ 190 mil. Mais de 700 celulares estavam no caminhão escoltado pelo grupo. O segundo policial militar abordado conseguiu fugir, mas deixou a arma no local da operação e foi identificado em seguida. O PM, que chegou a ser considerado foragido durante o final de semana, se apresentou nesta segunda-feira (26). Ele era lotado em São Miguel do Iguaçu, no Oeste do Estado.

A carga apreendida e os veículos utilizados pelo grupo foram encaminhados para a sede da Polícia Federal de Cascavel que será responsável pelas investigações. A reportagem tentou contato com o delegado da PF, Marco Smith, mas ele não foi encontrado para comentar o assunto. Os policiais militares e o agente lotado na unidade II da Penitenciária Estadual de Londrina serão investigados também pelas corregedorias da PM e do Depen (Departamento Penitenciário do Paraná).

Em nota, a Polícia Militar informou que "não compactua com desvios de conduta de seus integrantes e ressalta que, para qualquer situação potencial envolvendo policiais, busca a elucidação de todos os fatos, sendo respeitados os direitos ao devido processo legal". Já o Depen destacou que foi determinado o afastamento imediato do agente penitenciário. Ambos os servidores seguem presos em Cascavel e serão investigados por formação de quadrilha e contrabando.
Viviani Costa
Reportagem Local/FOLHA DE LONDRINA

Nenhum comentário