Últimas notícias

Na estreia de Marquinhos Santos, LEC busca se distanciar da ZR

O Londrina aposta em um recomeço de temporada no jogo deste domingo (11) contra o União, no estádio do Café. A motivação para reencontrar o caminho das vitórias passa pela estreia do técnico Marquinhos Santos, substituto de Ricardinho, que deixou o cargo durante a semana. A partida, válida pela terceira rodada da Taça Caio Júnior (o segundo turno do Campeonato Paranaense), começa às 16 horas.

O novo comandante inicia a sua trajetória no Alviceleste com a obrigação de vencer. Na classificação geral, o LEC é apenas o nono colocado, com sete pontos, um a mais que o rival deste domingo, que está na zona de rebaixamento. Faltando três rodadas para terminar a fase classificatória, o Londrina sabe que não pode mais vacilar. "Temos uma decisão no domingo e decisão não se joga, se ganha. Não temos que dar espetáculo e sim buscar os três pontos. Correr desde a primeira até a última bola para vencer e resgatar a confiança", afirmou Santos.

O Londrina vive um jejum de seis partidas sem vitória – o último triunfo foi em 31 de janeiro, contra o Real Ariquemes (RO), pela Copa do Brasil. Sem tempo para trabalhar – Santos chegou na quinta-feira (8) e comandou só três treinos -, o treinador sabe que o fator motivacional por uma mudança pode fazer a diferença entre os jogadores.

"Quando há uma mudança, tem o primeiro impacto e precisamos aproveitar isso. Na conversa que tive com o grupo, percebi uma vontade imensa de mudar este cenário, sangue nos olhos dos atletas para revertermos este quadro. É hora de virarmos a chave", apontou.

O treinador fechou todos os treinamentos e escondeu a escalação. Em relação ao time que perdeu para o Toledo, Marquinhos Santos não tem nenhum desfalque e, se quiser, pode até repetir a formação. "Marquinhos é um grande treinador, com muitos títulos, moderno e com muita experiência. Tenho certeza de que vem para agregar neste momento não tão bom e tem as ferramentas para nos ajudar a sair desta situação", elogiou o capitão Dirceu, que já trabalhou com o treinador no Coritiba e no Figueirense. "O lado psicológico é fundamental agora e esta troca já ajudou nisso. Este jogo é muito importante para nós e o resultado positivo vai trazer tranquilidade e melhorar o ambiente."

Apesar de estar na zona de rebaixamento, o time de Francisco Beltrão vem embalado pela goleada de 4 a 0 sobre o Rio Branco. O técnico Ivair Cenci não poderá contar com o meia Júlio Pacato e o centroavante Wellisson, que estão emprestados pelo Londrina e, em razão de uma cláusula contratual, não podem enfrentar o Alviceleste.

EM LONDRINA

Londrina
César; Matheuzinho, Dirceu, Lucas Costa e Roberto; Moisés, Lorenzi (Rodrigo Figueiredo) e Romisson; Wesley, Carlos Henrique e Marcelinho (Thiago Primão). Técnico: Marquinhos Santos

União
Marcos Paulo; Julio Lopes, Casimiro, Spice e Thiaguinho; Sorbara, Max e Sato; Feijão, Schwenck e Rafinha. Técnico: Ivair Cenci

Árbitro: Edivaldo Elias da Silva
Estádio: Café
Horário: 16h (de domingo)
Lucio Flávio Cruz
Reportagem Local/FOLHA DE LONDRINA

Nenhum comentário